Sociologia - OPENSOC

Sociologia - OPENSOC

Este ciclo de estudos é entendido pelo conjunto das instituições participantes como uma resposta coerente à procura de conhecimento sociológico (fundamental e aplicado), mobilizando um extenso corpo de docentes e investigadores abertos a múltiplas dimensões de análise, diversos paradigmas teóricos e abordagens metodológicas. Acresce que o Programa está aberto a contributos das vizinhas ciências sociais. Para além de se oferecer formação pós-graduada de alto nível, contribuindo para o desenvolvimento e reforço de conhecimento e competências sociológicas, é importante referir a missão e a experiência adquirida pelas instituições participantes na difusão e transferência do conhecimento produzido através das teses de doutoramento. É o seu compromisso em fomentar a empregabilidade dos estudantes ou em alargar as suas trajectórias profissionais qualificadas num mundo global.

O Programa culmina um processo de intensa colaboração interinstitucional e científica entre instituições académicas, centros de investigação e investigadores, desenvolvida em 3 fases. Desde 2008 que existe uma estreita ligação entre o ICS (UL), SOCIUS-ISEG (UTL) e a FCSH (UNL) num doutoramento em colaboração em sociologia. Em 2011, o ISCSP e a FCSH começaram a planear o alargamento da rede. Por último, a fusão da UL-UTL foi um factor decisivo para a intensificação dos contactos e para encorajar o desenho de um patamar mais ambicioso. A manifestação de interesse por parte duas universidades do sul em participar e integrar o consórcio, UE e UAlg, é um sinal da sua relevância e atractividade. Integram, pois, o actual consórcio:

Instituto de Ciências Sociais da Universidade de Lisboa (coord.) 

Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa

Instituto Superior de Ciências Sociais e Políticas da Universidade de Lisboa

Instituto Superior de Economia e Gestão da Universidade de Lisboa

Instituto de Investigação e Formação Avançada da Universidade de Évora 

Faculdade de Economia da Universidade do Algarve

1º SEMESTRE
30 ECTS
UNIDADES CURRICULARES

Seminário Avançado em Sociologia I 4 ECTS
Seminário de Investigação I 10 ECTS 10 ECTS
Debates Teóricos Contemporâneos 8 ECTS
Metodologia de Investigação 8 ECTS

2º SEMESTRE
30 ECTS
UNIDADES CURRICULARES

Seminário Avançado em Sociologia II 4 ECTS
Seminário de Investigação II 10 ECTS
Optativa Condicional 8 ECTS
Optativa Livre 8 ECTS

3º a 8º SEMESTRE
180 ECTS
UNIDADES CURRICULARES

Tese de Doutoramento 165 ECTS
Seminário de Investigação 15 ECTS

Admissão

Período de candidaturas para o ano letivo 2018/2019:
1ª fase - 5 de Março a 19 de Março de 2018
2ª fase - 1 de Abril a 29 de Junho de 2018
3ª fase - 16 de Julho a 7 de Setembro de 2018

- mais informações em breve -

Numerus clausus: 30

O Programa Interuniversitário em Sociologia - OpenSoc está aberto a jovens estudantes que recentemente concluíram os seus cursos de 2ºciclo ou mestrado integrado, mas também a estudantes mais velhos, já activos no mercado de trabalho e que pretendem voltar à Universidade, não só para actualizar os seus conhecimentos, como para adquirir novas competências profissionais.

O Programa funciona em regime pós-laboral.

São admitidos como candidatos ao acesso:
- titulares de grau de mestre ou equivalente legal em Sociologia, Ciências Sociais ou Humanidades, com classificação superior a 14/20 valores;
- excepcionalmente, titulares de grau de licenciado ou equivalente legal, detentores de um currículo escolar ou científico especialmente relevante em outros domínios científicos, reconhecido pela Comissão do Programa atestando capacidade para a realização do ciclo de estudos;
- excepcionalmente, detentores de um currículo escolar, científico ou profissional, cujo elevado mérito seja reconhecido pela Comissão do Programa e ateste capacidade para a realização do ciclo de estudos.
- Os candidatos são seriados de acordo com a pontuação obtida no processo de selecção, baseada no mérito individual.
Consideram-se os seguintes critérios:
- classificações/notas académicas;
- currículo vitae académico, científico e profissional;
- avaliação de uma proposta de projecto de investigação (seguindo o modelo FCT*, escrito em português, inglês, francês ou castelhano), assim como de uma carta de intenções, detalhando por que razões desejam seguir o programa de estudos.
- uma entrevista

Coordenador