Migrações

Migrações

As migrações constituem um fenómeno de crescente relevância no actual cenário mundial com implicações demográficas, económicas, sociais e políticas. O estudo desse fenómeno abre assim um leque alargado de possibilidades de actuação nos mais variados domínios das ciências sociais. As migrações são um domínio de investigação caracterizado pelas abordagens multidisciplinares, sendo uma clara vantagem para os investigadores que trabalharão nesta área a diversificação na formação, num quadro que propõe, em simultâneo, especialização e partilha multidisciplinar.

O programa de doutoramento em Migrações confere o grau de doutor nos seguintes ramos de conhecimento: Antropologia, Ciência Política, Educação, geografia, História, Psicologia e Sociologia. É portanto um projecto científico e pedagógico organizado em conjunto por quatro unidades orgânicas: 

     - O Instituto de Ciências Sociais
     - O Instituto de Geografia e Ordenamento do Território
     - O Instituto de Educação
     - A Faculdade de Psicologia 

As unidades orgãnicas oferecem aos alunos condições ideiais e únicas em Portugal onde poderão ter uma formação pós-graduada de nível avançado no domínio das migrações.

 

Objectivos

Este programa doutoral tem como objectivo proporcionar formação pós-graduada, de nível avançado, nas questões teóricas e metodológicas associadas à temática das migrações e dos processos sociais de mobilidade humana, cruzando diferentes e múltiplas perspectivas de diversos domínios que integram o universo das ciências sociais.

 

Ramos de conhecimento e especialidades

O programa de doutoramento em Migrações confere o grau nos seguintes ramos de conhecimento e especialidades:
     *  Ramo de Geografia: especialidade de Geografia Humana
     *  Ramo de Sociologia, com as seguintes especialidades: Sociologia das Desigualdades, das Minorias e dos Movimentos Sociais; Sociologia da Família, Juventude e das Relações de Género; Sociologia das Políticas Sociais
     *  Ramo de Educação, especialidade Sociologia da Educação
     *  Ramo de Psicologia, especialidade Psicologia Social
     *  Ramo de Ciência Política, especialidade Política Comparada
     *  Ramo de Antropologia, especialidade de Antropologia da Etnicidade e do Político

 

Bolsas

Para os estudantes que estejam interessados a candidatar-se a uma bolsa no âmbito do concurso de Bolsas Individuais FCT enquanto possíveis alunos do Programa Doutoral FCT em Migrações (DEMIG) poderão fazê-lo, devendo para isso contactar o/a potencial orientador/a para discussão de projecto e devida associação à candidatura. Caso queira concorrer tendo o ICS como instituição de acolhimento deverá contactar o Doutor Rui Costa Lopes ou o Doutor Jorge Vala. Esta candidatura às bolsas individuais FCT é independente do concurso às bolsas oferecidas no âmbito do Programa Doutoral FCT. As datas para este concurso serão divulgadas posteriormente.

A gestão do curso de doutoramento é rotativa entre as quatro unidades orgânicas envolvidas, sendo a
unidade orgânica de acolhimento definida anualmente pela Comissão Científica em articulação com os
Diretores.

O grau de doutor é conferido aos que tiverem obtido 180 créditos, por meio da aprovação no curso de
doutoramento (60 créditos), correspondente à componente curricular, e da elaboração da tese, ou do
trabalho equivalente, sua discussão e aprovação (120 créditos).

1º SEMESTRE
30 ECTS
UNIDADES CURRICULARES

Seminário temático Migrações I 5 ECTS
Seminário de Investigação I 5 ECTS
Módulos de formação teórica avançada em Migrações 10 ECTS
Projecto de Investigação I 10 ECTS

2º SEMESTRE
30 ECTS
UNIDADES CURRICULARES

Seminário temático de Migrações II 5 ECTS
Seminário de Investigação II 5 ECTS
Metodologias de Investigação aplicadas às Migrações 10 ECTS
Projecto de Investigação II 10 ECTS

3º a 8º SEMESTRE
120 ECTS
UNIDADES CURRICULARES

Seminário de Acompanhamento 20 ECTS
Elaboração de Tese 100 ECTS

Admissão

Período de candidaturas para o ano letivo 2018/2019:
1ª fase - candidaturas a partir de maio de 2018, em datas a definir

 

Programa de Doutoramento em Migrações (DeMig), obteve em 2014, aprovação para financiamento da Fundação para a Ciência e Tecnologia, IP (FCT, IP), no âmbito do concurso para “Programas Doutoramento FCT”.

Assim, nos termos do Estatuto do Bolseiro de Investigação Científica e do Regulamento de Bolsas da Fundação para a Ciência e a Tecnologia, a Comissão Científica do Programa de Doutoramento em Migrações abre concurso para atribuição de bolsas individuais para frequência deste programa doutoral.

O período de apresentação das admissao às bolsas FCT, bem como as condições do concurso estarão brevemente disponíveis aqui.

São admitidos como candidatos à inscrição no Doutoramento em Migrações: 

- Os titulares de grau de mestre ou equivalente legal nas áreas de Ciências Sociais ou áreas afins;
- Os titulares de grau de licenciado, ou equivalente legal, detentores de um currículo escolar ou científico especialmente relevante que seja reconhecido como atestando capacidade para a realização deste programa de doutoramento pela Comissão Científica, nas áreas de Ciências Sociais ou áreas afins;
- A título excecional, os detentores de um currículo escolar, científico ou profissional que seja reconhecido como atestando capacidade para a realização deste programa de doutoramento pela Comissão Científica, nas áreas de Ciências Sociais ou áreas afins.
- A apresentação de admissao faz -se através do preenchimento de um requerimento nos serviços académicos da unidade orgânica de acolhimento da edição do ciclo de estudos, a quem compete verificar que o candidato satisfaz as condições estabelecidas nas presentes normas regulamentares e na legislação em vigor. 

O requerimento de candidatura deve ser instruído com os seguintes elementos: 

- Documentos comprovativos de que o candidato reúne as condições acima referidas;
- Curriculum vitae atualizado, incluindo trabalhos publicados ou devidamente documentados; 
- Indicação do ramo de conhecimento e da especialidade em que pretende efetuar o doutoramento; 
- Apresentação de um dos seguintes documentos: Um projeto de investigação, indicando o objeto de estudo, a metodologia e os objetivos da investigação, devidamente problematizados com base em bibliografia de referência na área de estudo à qual se candidata (obrigatório para candidatos que pretendam apresentar uma candidatura a uma bolsa de doutoramento da FCT); 
- Carta de intenções, expondo as razões da escolha do programa de estudos e apresentando o domínio a investigar e os objetivos fundamentados do trabalho que se propõe desenvolver durante o doutoramento. 

Outros elementos considerados relevantes pelos candidatos para efeitos de apreciação da candidatura; 

- Classificação do grau académico de que são titulares;
- Curriculum académico, científico e técnico; 
- Adequação da formação académica aos requisitos do programa de doutoramento;
- Projeto de investigação ou carta de intenções e motivação;
- Entrevista (se a Comissão Científica assim o entender ou considerar necessário).

Coordenador