Regeneration and Optimisation of cultural heritage in Creative and Knowledge cities

Regeneration and Optimisation of cultural heritage in Creative and Knowledge cities

O projeto ROCK “Regeneration and Optimization of Cultural heritage in creative and Knowledge cities” pretende contribuir para regenerar a área do Beato e Marvila, e estabelecer a sua ligação ao centro histórico, através de processos criativos e sustentáveis de desenvolvimento ambiental, social, cultural e económico.

O ROCK assenta na visão de que os centros históricos das cidades europeias podem assumir-se como contextos extraordinários, onde é possível experimentar novos modelos de regeneração urbana, com base no património cultural local. Em linha com o conceito da UNESCO de “cidade criativa”, o ROCK promove uma nova percepção da propriedade coletiva como património comum e partilhado, experimentando soluções que envolvem agentes locais, visitantes e turistas no desenvolvimento de estratégias inovadoras para o futuro da cidade. O ROCK pretende desenvolver uma abordagem inovadora, colaborativa e integrada para a regeneração e reutilização adaptada do património cultural de centro históricos urbanos. Com base num repertório de boas práticas, relacionado a 7 “cidades modelo” - Atenas, Cluj-Napoca, Eindhoven, Liverpool, Lyon, Turim e Vilnius - o ROCK vai transferir e adequar esse conhecimento às necessidades específicas de 3 “cidades replicadoras”: Bolonha, Lisboa e Skopje.

Todas as cidades envolvidas destacam-se pelo seu valioso património cultural. As “cidades modelo” passaram de cidades património a cidades criativas, através de um processo articulado com base na cultura e no conhecimento. As “cidades replicadoras” estão agora a aplicar essas medidas de transformação, desenvolvendo programas de revitalização cultural, social e económica em colaboração com um ecossistema de parceiros locais. Ao ligar diferentes cidades, atores e projetos, a nível local e europeu, o ROCK quer estimular o desenvolvimento de redes internacionais de partilha de conhecimento e promover soluções inovadoras para um desenvolvimento urbano sustentável.

O ROCK é coordenado ao nível internacional pela Municipalidade de Bolonha (Itália) e ao nível nacional pela Câmara Municipal de Lisboa com a colaboração do Instituto de Ciências Sociais da Universidade de Lisboa.

É um projeto europeu cofinanciado pelo programa Horizonte 2020.

 

Estatuto: 
Entidade participante
Financiado: 
Sim
Entidades: 
H2020 - EU
Comissão Europeia
Rede: 
ROCK is coordinated by the Municipality of Bologna and the consortium includes 32 partners from 13 countries
Keywords: 

Património cultural, Regeneração, Desenvolvimento sustentável, Centros históricos

O projeto ROCK “Regeneration and Optimization of Cultural heritage in creative and Knowledge cities” pretende contribuir para regenerar a área do Beato e Marvila, e estabelecer a sua ligação ao centro histórico, através de processos criativos e sustentáveis de desenvolvimento ambiental, social, cultural e económico.

O ROCK assenta na visão de que os centros históricos das cidades europeias podem assumir-se como contextos extraordinários, onde é possível experimentar novos modelos de regeneração urbana, com base no património cultural local. Em linha com o conceito da UNESCO de “cidade criativa”, o ROCK promove uma nova percepção da propriedade coletiva como património comum e partilhado, experimentando soluções que envolvem agentes locais, visitantes e turistas no desenvolvimento de estratégias inovadoras para o futuro da cidade. O ROCK pretende desenvolver uma abordagem inovadora, colaborativa e integrada para a regeneração e reutilização adaptada do património cultural de centro históricos urbanos. Com base num repertório de boas práticas, relacionado a 7 “cidades modelo” - Atenas, Cluj-Napoca, Eindhoven, Liverpool, Lyon, Turim e Vilnius - o ROCK vai transferir e adequar esse conhecimento às necessidades específicas de 3 “cidades replicadoras”: Bolonha, Lisboa e Skopje.

Todas as cidades envolvidas destacam-se pelo seu valioso património cultural. As “cidades modelo” passaram de cidades património a cidades criativas, através de um processo articulado com base na cultura e no conhecimento. As “cidades replicadoras” estão agora a aplicar essas medidas de transformação, desenvolvendo programas de revitalização cultural, social e económica em colaboração com um ecossistema de parceiros locais. Ao ligar diferentes cidades, atores e projetos, a nível local e europeu, o ROCK quer estimular o desenvolvimento de redes internacionais de partilha de conhecimento e promover soluções inovadoras para um desenvolvimento urbano sustentável.

O ROCK é coordenado ao nível internacional pela Municipalidade de Bolonha (Itália) e ao nível nacional pela Câmara Municipal de Lisboa com a colaboração do Instituto de Ciências Sociais da Universidade de Lisboa.

É um projeto europeu cofinanciado pelo programa Horizonte 2020.

 

Objectivos: 
.
Parceria: 
Rede Internacional

ROCK

Coordenador 
Data Inicio: 
01/05/2017
Data Fim: 
30/04/2020
Duração: 
36 meses
Em curso