O Banco de Lisboa e a Revolução Liberal de 1820

O Banco de Lisboa e a Revolução Liberal de 1820

Pretende-se realizar um estudo histórico e projeto editorial dedicado à instituição do Banco de Lisboa (em dezembro de 1821), no contexto do movimento liberal vintista e do debate sobre os problemas económicos e financeiros que envolveram a primeira revolução liberal portuguesa, designadamente no que se refere à gestão da dívida pública e ao controlo da emissão e circulação de papel-moeda. Será dado destaque ao estudo dos primeiros acionistas e diretores do Banco de Lisboa e à análise das suas ligações com os negócios em curso nas principais praças comerciais do país. O estudo sobre as funções e atribuições do Banco de Lisboa será enquadrado numa perspetiva mais ampla sobre a génese das instituições bancárias portuguesas e sua comparação com congéneres europeias. Será também complementado com uma antologia de textos de época, selecionados em função da sua relevância para a história económica, financeira e bancária do período em análise. A pesquisa será desenvolvida a partir de fontes existentes no Arquivo Histórico do Banco de Portugal e no Arquivo Histórico Parlamentar (Comissões das Cortes Constituintes 1821/22).

Estatuto: 
Entidade proponente
Financiado: 
Sim
Entidades: 
Banco de Portugal
Keywords: 

Banco de Lisboa, Revolução de 1820, circulação monetária, papel moeda, dívida pública, história bancária e financeira;

Pretende-se realizar um estudo histórico e projeto editorial dedicado à instituição do Banco de Lisboa (em dezembro de 1821), no contexto do movimento liberal vintista e do debate sobre os problemas económicos e financeiros que envolveram a primeira revolução liberal portuguesa, designadamente no que se refere à gestão da dívida pública e ao controlo da emissão e circulação de papel-moeda. Será dado destaque ao estudo dos primeiros acionistas e diretores do Banco de Lisboa e à análise das suas ligações com os negócios em curso nas principais praças comerciais do país. O estudo sobre as funções e atribuições do Banco de Lisboa será enquadrado numa perspetiva mais ampla sobre a génese das instituições bancárias portuguesas e sua comparação com congéneres europeias. Será também complementado com uma antologia de textos de época, selecionados em função da sua relevância para a história económica, financeira e bancária do período em análise. A pesquisa será desenvolvida a partir de fontes existentes no Arquivo Histórico do Banco de Portugal e no Arquivo Histórico Parlamentar (Comissões das Cortes Constituintes 1821/22).

Coordenador Geral 
Data Inicio: 
04/01/2019
Data Fim: 
30/06/2020
Duração: 
18 meses
Concluído