Mobilizando arquivos: Fotografia no sudoeste de Angola

Mobilizando arquivos: Fotografia no sudoeste de Angola

A fotografia de arquivo feita em África coloca questões significativas de uma perspectiva pós-colonial. Este projecto visa investigar a sua economia visual actual estudando diferentes prácticas de fotografia etnográfica em países lusófonos. O projecto explora três coleções produzidas ao longo de diferentes épocas históricas usando uma metodologia que combina pesquisa de arquivo, estudos de cultura visual, trabalho de campo etnográfico e um projeto colaborativo de fotografia com aldeões contemporâneos. O projecto examina a historicidade do conceito etnográfico do visual, através da análise dos arquivos resultantes de três produções fotográficas distintas sobre culturas do sudoeste angolano, durante o período colonial e pós-independência: as fotografias etnográficas feitas por um missionário (entre 1940-1970), por um funcionário de museu estatal (década de 1960) e por um etnógrafo (década de 1990). A pesquisa tem como objetivo compreender a trajectória histórica e os usos contemporâneos dessas coleções para explorar como diferentes contextos de produção e recepção impactam os seus significados sociais ao longo do tempo - e apresentar os seus resultados numa exposição virtual. Ao mobilizar essas coleções do arquivo para o campo e vice-versa, a pesquisa testará por meio de foto-elicitação e nova prática fotográfica, as ressonâncias de dois tópicos entre cientistas e populações locais. a) Analisará as persistentes, mas diversas, abordagens de gênero levadas a cabo pelos fotógrafos selecionados com as percepções de aldeões contemporâneos. b) Irá explorar a resiliência de economias domésticas rurais às precárias condições ecológicas do planalto semi-árido hoje, um tópico que os fotógrafos apenas marginalmente abordaram nas suas próprias coleções. Este projecto contribuirá para questões climáticas globais, bem como para estudos de gênero, agregando valor aos estudos de antropologia visual sobre a evolução de prácticas da fotografia e a debates sobre prácticas de arquivo, científicas e expositivas.

 

Estatuto: 
Entidade proponente
Financiado: 
Sim
Entidades: 
European Commission
Rede: 
ICS-ULisboa, Museu Nacional de Etnologia
Keywords: 

Fotografia, Etnografia, Arquivos, Angola

A fotografia de arquivo feita em África coloca questões significativas de uma perspectiva pós-colonial. Este projecto visa investigar a sua economia visual actual estudando diferentes prácticas de fotografia etnográfica em países lusófonos. O projecto explora três coleções produzidas ao longo de diferentes épocas históricas usando uma metodologia que combina pesquisa de arquivo, estudos de cultura visual, trabalho de campo etnográfico e um projeto colaborativo de fotografia com aldeões contemporâneos. O projecto examina a historicidade do conceito etnográfico do visual, através da análise dos arquivos resultantes de três produções fotográficas distintas sobre culturas do sudoeste angolano, durante o período colonial e pós-independência: as fotografias etnográficas feitas por um missionário (entre 1940-1970), por um funcionário de museu estatal (década de 1960) e por um etnógrafo (década de 1990). A pesquisa tem como objetivo compreender a trajectória histórica e os usos contemporâneos dessas coleções para explorar como diferentes contextos de produção e recepção impactam os seus significados sociais ao longo do tempo - e apresentar os seus resultados numa exposição virtual. Ao mobilizar essas coleções do arquivo para o campo e vice-versa, a pesquisa testará por meio de foto-elicitação e nova prática fotográfica, as ressonâncias de dois tópicos entre cientistas e populações locais. a) Analisará as persistentes, mas diversas, abordagens de gênero levadas a cabo pelos fotógrafos selecionados com as percepções de aldeões contemporâneos. b) Irá explorar a resiliência de economias domésticas rurais às precárias condições ecológicas do planalto semi-árido hoje, um tópico que os fotógrafos apenas marginalmente abordaram nas suas próprias coleções. Este projecto contribuirá para questões climáticas globais, bem como para estudos de gênero, agregando valor aos estudos de antropologia visual sobre a evolução de prácticas da fotografia e a debates sobre prácticas de arquivo, científicas e expositivas.

 

Parceria: 
Rede Nacional

Mobilising Archives

Coordenador 
Data Inicio: 
01/03/2017
Data Fim: 
28/02/2019
Em curso