A Esquerda e o Muro - Continuidades e Mudanças Ideológicas na Esquerda Portuguesa , Após 1989

A Esquerda e o Muro - Continuidades e Mudanças Ideológicas na Esquerda Portuguesa , Após 1989

Partindo da análise de documentos e de entrevistas a activistas de esquerda actuais e antigos, com diferentes percursos políticos, e a membros de grupos políticos nos anos 80 do séc. XX, este projecto, que tem uma duração de 44 meses, irá estudar: 1) o impacto ideológico e emocional da "perestroika" e da queda do Muro de Berlim nos partidos de esquerda portugueses e nos seus membros; 2) as rupturas e continuidades, após 1989, na prática e ideologia política desses partidos e a forma como os seus membros as justificam; 3) as opiniões pessoais sobre estes temas e sobre as práticas e ideologias anteriores, seguidas pelos activistas de esquerda nos anos 80 do séc. XX que entretanto permaneceram no mesmo partido, mudaram de cor política, criaram outros partidos, abandonaram o activismo ou alteraram radicalmente a sua posição; 4) as opiniões pessoais e colectivas sobre quais deveriam ser as práticas, a "tarefa" e a ideologia do activismo político de esquerda, nos dias de hoje e no futuro; 5) a comparação entre as posições actuais dos indivíduos e das organizações e as questões que originaram a separação entre a 2ª e a 3ª Internacional.

O âmbito geográfico do projecto poderá, numa segunda fase, ser alargado ao nível europeu, em parceria com outras instituições académicas.

 

Estatuto: 
Entidade proponente
Financiado: 
Não
Keywords: 

Ideologias Socialistas, Muro de Berlim, Mudança Política, Revolução e Reforma

Partindo da análise de documentos e de entrevistas a activistas de esquerda actuais e antigos, com diferentes percursos políticos, e a membros de grupos políticos nos anos 80 do séc. XX, este projecto, que tem uma duração de 44 meses, irá estudar: 1) o impacto ideológico e emocional da "perestroika" e da queda do Muro de Berlim nos partidos de esquerda portugueses e nos seus membros; 2) as rupturas e continuidades, após 1989, na prática e ideologia política desses partidos e a forma como os seus membros as justificam; 3) as opiniões pessoais sobre estes temas e sobre as práticas e ideologias anteriores, seguidas pelos activistas de esquerda nos anos 80 do séc. XX que entretanto permaneceram no mesmo partido, mudaram de cor política, criaram outros partidos, abandonaram o activismo ou alteraram radicalmente a sua posição; 4) as opiniões pessoais e colectivas sobre quais deveriam ser as práticas, a "tarefa" e a ideologia do activismo político de esquerda, nos dias de hoje e no futuro; 5) a comparação entre as posições actuais dos indivíduos e das organizações e as questões que originaram a separação entre a 2ª e a 3ª Internacional.

O âmbito geográfico do projecto poderá, numa segunda fase, ser alargado ao nível europeu, em parceria com outras instituições académicas.

 

Objectivos: 
Compreender as rupturas e continuidades existentes nas ideologias e práticas dos partidos e activismo de esquerda em Portugal, decorrentes do impacto da "perestroika" e da queda do Muro de Berlim, ao nível das organizações e dos indivíduos. <p>- Compreender os diferentes percursos individuais de activistas de esquerda actuais e antigos, as suas motivações e posições actuais e o possível impacto destas motivações e posições em práticas, prioridades e ideologias futuras ou até mesmo nos paradigmas dos partidos e movimentos de esquerda.</p><p>- Comparar as questões actuais fundamentais que dividem as pessoas e os grupos que se consideram de "esquerda" e as questões que originaram divisões significativas no passado - como a ruptura entre a 2ª e a 3ª Internacional ou no seio do movimento comunista.</p>
State of the art: 
<p>There is a large amount of bibliography and on-going studies about the history of Communist and Social-Democratic parties, at the international and even Portuguese level. Both are very useful to the project because, in one hand, although the project has a national scope the issues it raises are only understandable in its European and world-wide context and because, in the other hand, most of those issues have a long history or a distant origin.</p><p>However, besides books and articles written by their own actors or by political organisations (also very useful as research sources), I have no knowledge of scientific production about Portugal, on the period and issues raised by this project</p>
Parceria: 
Não Integrado
Coordenador 
Data Inicio: 
01/11/2008
Data Fim: 
01/06/2012
Duração: 
43 meses
Concluído