PALOP

PALOP
Investigação em Debate
Autor(es): 
Categoria: 
ISBN: 
978-972-671-283-1
Idioma: 
Português
Ano da primeira edição: 
2010
Data de publicação: 
2010/Dez
Dimensão: 
23x15
Nº Páginas: 
139
Coleção: 
Colecção Geral
Formato: 
Capa Mole
12,00 €10,80 €

A reflexão crítica em torno do discurso ocidental hegemónico assume, em Portugal, uma representação peculiar nos estudos contemporâneos relacionados com os países africanos de língua oficial portuguesa (PALOP).
Sem dúvida, nos últimos trinta anos, as leituras e a compreensão da história colonial mudaram. Nas ciências sociais têm vindo a emergir abordagens transnacionais que produzem uma releitura da história e das narrativas da expansão colonial, assim como muitas outras contribuições para a desconstrução do saber em várias disciplinas.
O presente volume reúne seis textos que abrangem as disciplinas de antropologia, de sociologia e da ciência política, e todos eles fazem parte dos nove que foram apresentados, em forma de comunicação, no workshop «Os PALOP no ICS: Objectos e Metodologias» que teve lugar no Instituto de Ciências Sociais da Universidade de Lisboa no dia 5 de Novembro de 2009.

 

PDF Integral
 

 

Introdução

Marzia Grassi

p. 9

Capítulo 1- Antes do trabalho de campo: reflexões de um princípio de pesquisa

Carolina Carret Höfs

p. 15

Capítulo 2- Sofrimento, doença e práticas terapêuticas na Igreja Zione em Maputo

Giulia Cavallo

p. 37

Capítulo 3 - Sob o rumor do rodado de ferro: percursos, auto-identificações e crenças socioprofissionais entre os maquinistas moçambicanos

Danúbio Walter Lihahe

p. 61

Capítulo 4 - Género e gerações: processos de transição para a vida adulta dos jovens descendentes de imigrantes dos PALOP

Tatiana Ferreira

p. 77

Capítulo 5 -  O turismo como ferramenta de desenvolvimento em Cabo Verde 

Maria do Carmo Lorena Santos

p. 97
Capítulo 6 -  «Das balas aos votos»: um estudo comparado das primeiras eleições pós-guerra civil em Angola e Moçambique Cláudia Almeida e Edalina Sanches p. 119

 

Marzia Grassi,  é investigadora auxiliar no Instituto de Ciências Sociais da Universidade de Lisboa. Ao ongo do seu percurso académico desenvolveu uma abordagem integrada sobre o tema de género, transnacionalismo e desenvolvimento na Europa e em países africanos de língua oficial portuguesa. Considerando a mobilidade de pessoas, bens e ideias que caracterizam o mundo contemporâneo nos últimos anos, desenvolveu e conduziu diversos projetos, tanto na Europa como em países africanos. Em todos os seus projectos tem explorado uma abordagem metodológica inovadora com um forte potencial comparativo, dando uma importância central à recolha de dados com base em três diferentes premissas: localizações múltiplas; múltiplos tipos de migrantes (baixa escolaridade e  migrantes qualificados); combinação de técnicas quantitativas e qualitativas, utilizando os inquéritos apenas por fins estatísticos. 

Carrinho de compras

O seu carrinho de compras está vazio.