Identidade Nacional, Inclusão e Exclusão Social

Identidade Nacional, Inclusão e Exclusão Social
Categoria: 
ISBN: 
978-972-671-281-7
Idioma: 
Português
Data de publicação: 
2010/Jan
Nº Páginas: 
235
Coleção: 
Atitudes Sociais dos Portugueses
Formato: 
Capa Mole
18,00 €16,20 €

«Finalmente, a obra que se impunha. A identidade nacional como fenómeno sociológico e cultural analisado com critérios objectivos por especialistas das ciências sociais, sem esquecer interpretações tradicionais, porventura pertinentes, mas quase sempre subjectivas e impressionistas. A obra que permite finalmente romper o cerco das amarras ideológicas, emotivas e transcendentais do conceito que nos envolve a todos.
Não será definitiva, mas vai ficar, sem dúvida, como referência imprescindível.»
José Mattoso, historiador, professor catedrático jubilado da FCSH-UNL

 

Introdução p.17
Parte I
Dimensões da representação da identidade nacional
 
Capítulo 1 - Pátria, nação e nacionalismo
Fernando Catroga
p.33
Capítulo 2 - Ser português: um orgulho relativo
João Leal
p.67
Capítulo 3 - Dimensões étnicas e cívicas e glorificação do passado em representações da identidade nacional portuguesa numa perspectiva comparada
José Manuel Sobral
p.81
Capítulo 4 - Identidade nacional e individualismo cultural
Miguel Cameira e José Marques
p.111
Parte II
Identidade nacional, conflitos e integração
 
Capítulo 5 - Identidade nacional, inclusão social e exclusão na História da América
Don Doyle
p.133
Capítulo 6 - Imigração, União Europeia e identidade nacional: será a suíça um caso especial?
Dominique Joye, Nicole Schöbi e Eva Green
p.155
Capítulo 7 - Identidade nacional, regional e europeia: identidade comparativa e diferenciações regionais em Espanha
Carmen Huici, Ángel Gómez e Antonio Bustillos
p.173
Capítulo 8 - Atitudes face à imigração e identidade nacional
Jorge Vala, Cícero Pereira, Rui Costa-Lopes e Jean-Claude Deschamps
p.191
Nota metodológica p.211
Referências bibliográficas p.215

 

José Manuel Sobral  doutorou-se em Antropologia pelo ISCTE em 1993, com uma tese em que analisa uma freguesia rural da Beira no presente – finais dos anos 80, início dos anos 90 – e recua a sua análise ao passado, nomeadamente até ao início do século XIX. Este trabalho procura articular a realidade local com o todo nacional, abrangendo os seguintes aspectos: família e parentesco, estrutura de classes, conflito social, memória social, religiosidade e poder político. Continua ainda hoje a dedicar-se ao estudo das estruturas sociais, e, no campo dos estudos rurais, tem analisado os processos envolvidos nas políticas do património. Debruçou-se posteriormente sobre o nacionalismo. Começou por estudar as diversas teorias do nacionalismo e a formação da identidade nacional portuguesa numa perspectiva comparada. Trabalha também sobre as relações entre nacionalismo e culinária e interessa-se pela teoria social. Tem-se dedicado ultimamente ao estudo das epidemias (pneumónica), dos sentimentos nacionais de imigrantes em Portugal, do racismo e das desigualdades de género.

Jorge Vala, doutorado em Psicologia Social pela Universidade de Louvain (1984), foi Professor Catedrático do ISCTE-IUL e  Investigador Coordenador no ICS da Univ. de Lisboa, instituição em que é presentemente Investigador Emérito. Tem trabalhado em Psicologia Social dos processos socio-cognitivos, nomeadamente no campo das representações sociais e ideologias, normas sociais e das identidades sociais. Os projectos de investigação que tem em curso articulam estes processos com vista ao estudo do racismo e do preconceito, das migrações, das atitudes políticas, da justiça social e da validação do conhecimento quotidiano.

Carrinho de compras

O seu carrinho de compras está vazio.