Segurança e Percepção do Crime na Cidade de Portimão

Segurança e Percepção do Crime na Cidade de Portimão

A questão da segurança tem vindo a assumir uma importância crescente na vida política portuguesa. Nos últimos anos, o país assistiu a uma certa generalização do crime, envolvendo nalguns casos formas extremas de violência, testando a capacidade de resposta das forças policiais e entidades judiciais. Contudo, os registos oficiais de crime não são alarmantes. A cobertura mediática dos crimes e dos problemas que afectam algumas das instituições responsáveis pela segurança e casos como o desaparecimento de Maddie influenciam os cidadãos e deixam-nos permeáveis a sentimentos de preocupação e desconfiança. A generalização destes sentimentos influencia a percepção da segurança em contextos locais, independentemente da especificidade criminal e de vitimização que aí se observa. Pretendemos analisar as percepções relevantes sobre a segurança através de um inquérito representativo à população da cidade de Portimão. O estudo irá estudar em pormenor as percepções de insegurança, o medo do crime, a identificação de zonas de maior ou menor perigo na cidade, a experiência de vitimização e as percepções acerca do trabalho da polícia e das instituições na cidade. Iremos investigar a forma como as desconfianças locais presentes na vida urbana estão relacionadas com as mesmas percepções ao nível nacional e com outras influências difusas de âmbito global.

Estatuto: 
Entidade proponente
Financiado: 
Não
Keywords: 

Segurança, Crime, Percepção, Portimão

A questão da segurança tem vindo a assumir uma importância crescente na vida política portuguesa. Nos últimos anos, o país assistiu a uma certa generalização do crime, envolvendo nalguns casos formas extremas de violência, testando a capacidade de resposta das forças policiais e entidades judiciais. Contudo, os registos oficiais de crime não são alarmantes. A cobertura mediática dos crimes e dos problemas que afectam algumas das instituições responsáveis pela segurança e casos como o desaparecimento de Maddie influenciam os cidadãos e deixam-nos permeáveis a sentimentos de preocupação e desconfiança. A generalização destes sentimentos influencia a percepção da segurança em contextos locais, independentemente da especificidade criminal e de vitimização que aí se observa. Pretendemos analisar as percepções relevantes sobre a segurança através de um inquérito representativo à população da cidade de Portimão. O estudo irá estudar em pormenor as percepções de insegurança, o medo do crime, a identificação de zonas de maior ou menor perigo na cidade, a experiência de vitimização e as percepções acerca do trabalho da polícia e das instituições na cidade. Iremos investigar a forma como as desconfianças locais presentes na vida urbana estão relacionadas com as mesmas percepções ao nível nacional e com outras influências difusas de âmbito global.

Objectivos: 
O estudo irá estudar em pormenor as percepções de insegurança, o medo do crime, a identificação de zonas de maior ou menor perigo na cidade, a experiência de vitimização e as percepções acerca do trabalho da polícia e das instituições na cidade. Iremos investigar a forma como as desconfianças locais presentes na vida urbana estão relacionadas com as mesmas percepções ao nível nacional e com outras influências difusas de âmbito global.
State of the art: 
<p>.</p>
Parceria: 
Não Integrado
Coordenador 
Data Inicio: 
01/05/2008
Data Fim: 
31/12/2009
Duração: 
19 meses
Concluído