O Interregionalismo: Perspectivas Teóricas e Comparadas

O Interregionalismo: Perspectivas Teóricas e Comparadas

Antes da emergência do regionalismo "aberto" e da proliferação de organizações regionais que se manifestou a partir dos anos 80, a investigação sobre a integração regional centrava-se na experiência da Comunidade Europeia (actualmente UE). Enquanto projecto pioneiro e bem sucedido de integração regional, a UE constituiu-se no modelo que outras regiões aspiravam a seguir e tornou-se um parceiro central no estabelecimento de relações inter-regionais. Os novos blocos regionais podem não ter seguido os padrões de organização interna adoptados pela UE, mas desenvolveram um conjunto de relações regulares com esta, bem como entre eles. Apesar de ainda se conhecer pouco sobre a sua importância actual ou potencial, o "inter-regionalismo" tornou-se uma realidade prevasiva no sistema de relações internacionais contemporâneo.

Estatuto: 
Entidade proponente
Financiado: 
Não
Keywords: 

.

Antes da emergência do regionalismo "aberto" e da proliferação de organizações regionais que se manifestou a partir dos anos 80, a investigação sobre a integração regional centrava-se na experiência da Comunidade Europeia (actualmente UE). Enquanto projecto pioneiro e bem sucedido de integração regional, a UE constituiu-se no modelo que outras regiões aspiravam a seguir e tornou-se um parceiro central no estabelecimento de relações inter-regionais. Os novos blocos regionais podem não ter seguido os padrões de organização interna adoptados pela UE, mas desenvolveram um conjunto de relações regulares com esta, bem como entre eles. Apesar de ainda se conhecer pouco sobre a sua importância actual ou potencial, o "inter-regionalismo" tornou-se uma realidade prevasiva no sistema de relações internacionais contemporâneo.

Objectivos: 
<p>O principal objectivo do projecto consiste em alargar o mapa conceptual, bem como avançar na construção de teorias e tipologias em torno do "inter-regionalismo". Este projecto pretende igualmente explorar dois temas interrelacionados: 1) Até que ponto as teorias de integração (a grande maioria com base na UE) podem ser aplicadas a estas experiências "novas" e "abertas" da América Latina, Ásia e África?, e 2) Qual é o papel que a interacção entre estas organizações regionais joga ou pode vir a jogar num sistema crescentemente globalizado?</p>
State of the art: 
<p>.</p>
Philippe C. Schmitter
Coordenador 
Data Inicio: 
02/12/2006
Data Fim: 
01/12/2009
Duração: 
36 meses
Concluído