III Inquérito Nacional às Representações e Atitudes dos Portugueses sobre Ambiente

III Inquérito Nacional às Representações e Atitudes dos Portugueses sobre Ambiente

A realização do III Inquérito Nacional Os Portugueses, o Ambiente e o Território pretende dar continuidade e assegurar a efectivação de um processo de observação e acompanhamento das mudanças e evolução da opinião dos portugueses relativamente às questões de ambiente e ordenamento do território. Uma década após o início deste processo de observação continuada e sistemática com o primeiro "Inquérito Nacional Os Portugueses e o Ambiente" (1997), é objectivo deste terceiro Inquérito dar sequência à monitorização das representações, atitudes, valores e práticas dos portugueses relativamente ao ambiente e ao território, através da aplicação de um novo questionário a uma amostra representativa da população portuguesa. A análise levará em conta a acentuada diversidade da sociedade portuguesa e das dinâmicas sociais que a percorrem, em função de variáveis socio-culturais, económicas e geográficas.

Estatuto: 
Entidade proponente
Financiado: 
Não
Keywords: 

Ambiente, Opinião publica, Representações sociais, Ordenamento do território

A realização do III Inquérito Nacional Os Portugueses, o Ambiente e o Território pretende dar continuidade e assegurar a efectivação de um processo de observação e acompanhamento das mudanças e evolução da opinião dos portugueses relativamente às questões de ambiente e ordenamento do território. Uma década após o início deste processo de observação continuada e sistemática com o primeiro "Inquérito Nacional Os Portugueses e o Ambiente" (1997), é objectivo deste terceiro Inquérito dar sequência à monitorização das representações, atitudes, valores e práticas dos portugueses relativamente ao ambiente e ao território, através da aplicação de um novo questionário a uma amostra representativa da população portuguesa. A análise levará em conta a acentuada diversidade da sociedade portuguesa e das dinâmicas sociais que a percorrem, em função de variáveis socio-culturais, económicas e geográficas.

Objectivos: 
<p>Objectivo temático: </p><p>Identificar os conteúdos e factores de preocupação ambiental e aquilo que mais contribui para o amadurecimento da consciência ambiental da população portuguesa, fornecendo elementos para ajudar a definir prioridades e formas eficazes de apoiar a implementação de medidas ambientais que impliquem directamente as populações. </p><p>Objectivo estratégico: </p><p>Conhecer as representações, atitudes, opiniões, expectativas e também as práticas em relação ao ambiente por parte dos diferentes sectores da população portuguesa. Estabelecer a respectiva evolução, uma vez que já existe informação comparável desde 1997. </p><p>Objectivo operacional: </p><p>Aplicação alargada em todo território nacional e a uma amostra representativa da população portuguesa de um inquérito sociológico sobre as representações, atitudes, opiniões, expectativas e práticas dos portugueses em relação ao ambiente, dando continuidade aos Inquéritos Nacionais aplicados em 1997 e 2000, e cobrindo novas temáticas pertinentes e a comparabilidades com outros países.</p>
State of the art: 
Uma vis&atilde;o integrada e sist&eacute;mica do estado do Ambiente n&atilde;o pode deixar de incluir uma dimens&atilde;o centrada no ?estado? das opini&otilde;es, das atitudes e dos comportamentos dos cidad&atilde;os em rela&ccedil;&atilde;o ao Ambiente. N&atilde;o restando d&uacute;vidas sobre a crescente proemin&ecirc;ncia social e pol&iacute;tica dos problemas ambientais, quer &agrave; escala global, quer &agrave; escala nacional, os indicadores sociais do estado do Ambiente s&atilde;o uma componente indispens&aacute;vel &agrave; boa gest&atilde;o do ambiente e respectivos processos de decis&atilde;o t&eacute;cnica e pol&iacute;tica. Efectivamente, enquanto as avalia&ccedil;&otilde;es t&eacute;cnicas servem para ir dando conta do estado de facto do ambiente e do ordenamento do territ&oacute;rio, as respostas e interven&ccedil;&otilde;es sociais e pol&iacute;ticas carecem de informa&ccedil;&atilde;o e an&aacute;lise espec&iacute;fica sobre o que sentem, pensam, querem e fazem os indiv&iacute;duos e os grupos sociais que usufruem e interagem com o ambiente. Esta &eacute; uma voca&ccedil;&atilde;o chave deste projecto. Fazer um acompanhamento em perman&ecirc;ncia deste processo, levando em conta a sua evolu&ccedil;&atilde;o, as suas continuidades e mudan&ccedil;as no contexto da sociedade portuguesa, sem deixar de atender a comparabilidades internacionais, &eacute; um dos nossos grandes objectivos e tem como marcos a realiza&ccedil;&atilde;o do I e II Inqu&eacute;rito Nacional de que se pretende assegurar a continuidade. <br />Tendo como objectivo central determinar a configura&ccedil;&atilde;o das representa&ccedil;&otilde;es sociais, atitudes, opini&otilde;es e expectativas dos diferentes estratos da popula&ccedil;&atilde;o relativamente &agrave; protec&ccedil;&atilde;o do ambiente, conserva&ccedil;&atilde;o da natureza, ordenamento do territ&oacute;rio e outras &aacute;reas do foro ambiental que se colocam hoje ao pa&iacute;s. As quest&otilde;es que ir&atilde;o nortear a constru&ccedil;&atilde;o e aplica&ccedil;&atilde;o do Inqu&eacute;rito ser&atilde;o as eguintes: <br />1. Como percepcionam os portugueses o estado do ambiente em que vivem e que problemas mais os inquietam &agrave; escala pessoal e &agrave; escala colectiva; e qual a informa&ccedil;&atilde;o ambiental que det&ecirc;m; <br />2. Que insatisfa&ccedil;&otilde;es demonstram no seu quadro de vida; que cr&iacute;ticas que tecem &agrave; actua&ccedil;&atilde;o dos poderes institu&iacute;dos e o que esperam deles em mat&eacute;ria ambiental; <br />3. O que fazem, na pr&aacute;tica, os nossos compatriotas relativamente ao ambiente e como interv&ecirc;m c&iacute;vica e politicamente nesta mat&eacute;ria; <br />4. O que querem os portugueses da vari&aacute;vel ambiente na sua articula&ccedil;&atilde;o com os temas e problemas econ&oacute;micos e sociais do pa&iacute;s, e que mudan&ccedil;as desejam ou antev&ecirc;em neste &acirc;mbito.
Coordenador 
Data Inicio: 
01/01/2006
Data Fim: 
31/12/2008
Duração: 
35 meses
Concluído