A Europa Na fronteira Africana

A Europa Na fronteira Africana

 

Este projecto consistiu em estudar a Europa como parte do continente africano, seguindo a teoria de Igor Kopytoff de que os africanos têm uma cultura de fronteira, tentando reproduzir as suas sociedades em novos territórios. Se isto se aplica ao continente africano, será que não pode também aplicar-se a Europa? Será que Europa não pode ser vista como uma nova fronteira (no sentido do vocábulo americano "frontier"). O projecto consistiu em entrevistas e levantamento de informações sobre comunidades africanas em Lisboa. O projecto foi eventualmente transformado nos dois projectos "O Atlântico Cristão" financiado pela FCT e "Recognizing Christianity" financiado pelo NORFACE.

Estatuto: 
Entidade proponente
Financiado: 
Não

 

Este projecto consistiu em estudar a Europa como parte do continente africano, seguindo a teoria de Igor Kopytoff de que os africanos têm uma cultura de fronteira, tentando reproduzir as suas sociedades em novos territórios. Se isto se aplica ao continente africano, será que não pode também aplicar-se a Europa? Será que Europa não pode ser vista como uma nova fronteira (no sentido do vocábulo americano "frontier"). O projecto consistiu em entrevistas e levantamento de informações sobre comunidades africanas em Lisboa. O projecto foi eventualmente transformado nos dois projectos "O Atlântico Cristão" financiado pela FCT e "Recognizing Christianity" financiado pelo NORFACE.

Objectivos: 
  <p>1.- Estudar a forma como os Africanos percebem a Europa</p><p>2.- Analisar os discursos sobre cidadania e pertença dos imigrantes africanos em Portugal</p><p>3.- Analisar a relação dos africanos com as suas comunidades de origem</p>
Parceria: 
Não Integrado
Coordenador 
Data Inicio: 
03/09/2008
Data Fim: 
03/10/2009
Duração: 
13 meses
Concluído