Canoas de Vinhático no Manguesal da Bahia: um Exercício de Ergologia

Canoas de Vinhático no Manguesal da Bahia: um Exercício de Ergologia

Este é um projecto ergológico cujo objectivo consiste em estudar a construção, o significado simbólico, a integração económica e a utilização social das pirogas (feitas a partir de vinhático, uma árvore ameaçada de extinção) que constituem a principal forma de deslocação humana nos mangais nas zonas costeiras do Sul da Baía (Brasil). Essas pirogas são instrumentos indispensáveis à ocupação humana dos mangais, um meio ambiente extremamente rico. Desta forma, por meio da análise do uso e da construção de um objecto físico, pretende-se compreender aspectos relacionados com o ambiente social que, por um lado, produz esse objecto, e que, por outro, se torna viável através da sua utilização. O método de construção é essencialmente de origem ocidental, mas o objecto em si mesmo está profundamente enraizado nas tradições ameríndias anteriores ao período dos Descobrimentos - deste modo a piroga constitui também um símbolo da longa história do contexto social a ser estudado.

Estatuto: 
Entidade proponente
Financiado: 
Não
Keywords: 

Material Cultural, Manguesais, Pirogas, Bahia

Este é um projecto ergológico cujo objectivo consiste em estudar a construção, o significado simbólico, a integração económica e a utilização social das pirogas (feitas a partir de vinhático, uma árvore ameaçada de extinção) que constituem a principal forma de deslocação humana nos mangais nas zonas costeiras do Sul da Baía (Brasil). Essas pirogas são instrumentos indispensáveis à ocupação humana dos mangais, um meio ambiente extremamente rico. Desta forma, por meio da análise do uso e da construção de um objecto físico, pretende-se compreender aspectos relacionados com o ambiente social que, por um lado, produz esse objecto, e que, por outro, se torna viável através da sua utilização. O método de construção é essencialmente de origem ocidental, mas o objecto em si mesmo está profundamente enraizado nas tradições ameríndias anteriores ao período dos Descobrimentos - deste modo a piroga constitui também um símbolo da longa história do contexto social a ser estudado.

Objectivos: 
Este é um projecto ergológico cujo objectivo consiste em estudar a construção, o significado simbólico, a integração económica e a utilização social das pirogas (feitas a partir de vinhático, uma árvore ameaçada de extinção) que constituem a principal forma de deslocação humana nos mangais nas zonas costeiras do Sul da Baía (Brasil). Essas pirogas são instrumentos indispensáveis à ocupação humana dos mangais, um meio ambiente extremamente rico. Desta forma, por meio da análise do uso e da construção de um objecto físico, pretende-se compreender aspectos relacionados com o ambiente social que, por um lado, produz esse objecto, e que, por outro, se torna viável através da sua utilização. O método de construção é essencialmente de origem ocidental, mas o objecto em si mesmo está profundamente enraizado nas tradições ameríndias anteriores ao período dos Descobrimentos - deste modo a piroga constitui também um símbolo da longa história do contexto social a ser estudado.
State of the art: 
Very little has been written on dugout canoes in Brazil.  The catalogue called 1º Seminário do Património Naval Brasileiro (Museu Nacional do Mar, Santa Catarina, 2005) is probably the best source from a comparative perspective.  In the past, anthropologists specialized in Brazil such as J. Robbin, Pedro Agostinho Silva and Peter Gow have lectured on the topic extensively, but with the exception of the monograph by Robbin on fishermen in Pernambuco, little has actually been published on the topic.  The rebirth of studies on Material Culture, more generally speaking, has been so intense of late that no small bibliography will suffice to cover adequately the field.
Parceria: 
Não Integrado
Mónica Chan
Coordenador 
Data Inicio: 
01/01/2008
Data Fim: 
01/12/2009
Duração: 
23 meses
Concluído