Ética, Estado e Economia

Ética, Estado e Economia
Atitudes e Práticas dos Europeus
Autor(es): 
Categoria: 
ISBN: 
978-972-671-238-1
Idioma: 
Português
Ano da primeira edição: 
2009
Data de publicação: 
2009/Maio
Nº Páginas: 
206
Formato: 
Capa Mole
15,99 €14,39 €

«A actual crise económica colocou a nu a urgência de repensar a dimensão ética do mercado e das instituições públicas. A privatização e a desregulamentação da economia, advogadas pela corrente neoliberal como solução, ainda que parcial, para a redução das estruturas de oportunidade potenciadoras da corrupção, foram mal sucedidas neste propósito acabando mesmo por gerar efeitos contrários aos desígnios iniciais. Num contexto de rápida transformação das relações entra o Estado e o mercado, a sociedade civil é por vezes, entendida como fonte de um determinado capital social positivo, consubstanciado em normas de reciprocidade e em relações sociais sedimentadas na confiança, mas também de um capital social negativa capaz de distorcer o funcionamento da economia e da política. Nesta colectânea, Luís de Sousa e os seus colaboradores abordam estes temas através de uma perspectiva teórica inovadora, apresentando arma artilhe empírica de dados originais, obtidos através do European Social Survey e de outras importantes bases de dados, respeitantes `as atitudes e práticas dos cidadãos europeus face à moralidade económica.»
Donatella della Porta, European University Institute

 

Os autores  p.13
Introdução
Luís de Sousa
p.15
Capítulo 1 - Moralidade económica e crimes do dia-a-dia 
Cláudia Abreu Lopes
p.27
Capítulo 2 - Economia e moralidade 
José Castro Caldas, Cícero Pereira, Ana Narciso Costa
p.67
Capítulo 3 - Capital social e corrupção 
Luís de Sousa, João Triães
p.93
Capítulo 4 - Efeitos da confiança nas instituições e da distância ao poder sobre a cooperação e o oportunismo 
Henrique Duarte
p.127
Capítulo 5 - Pistas para uma análise da reputação de desonestidade dos funcionários públicos
Luís de Sousa, João Triães
p.153
Nota metodológica p.177
Bibliografia p.193
Índice de autores  p.203

 

Luís de Sousa, Investigador Auxiliar do Instituto de Ciências Sociais da Universidade de Lisboa.  É o coordenador responsável da rede de investigação sobre agências anti-corrupção (ANCORAGE-NET) e membro fundador e antigo presidente da Transparência e Integridade - Associação Cívica (TIAC), representação portuguesa da Transparency International. É consultor internacional e investigador correspondente da Comissão Europeia sobre políticas de controlo à corrupção.

Carrinho de compras

O seu carrinho de compras está vazio.