VI Escola de Verão em Sustentabilidade: Os Desafios da Transição Energética

VI Escola de Verão em Sustentabilidade: Os Desafios da Transição Energética

Local: 
ICS-ULisboa and Online
Data: 
12/09/2022 a 16/09/2022
Horário: 
10:00 - 17:30
Idioma: 
Português, com possibilidade de uso do inglês
 
OBJETIVOS GERAIS
  • Promover a temática da sustentabilidade e a sua integração na tomada de decisão no quotidiano, junto dos responsáveis técnicos de diferentes organizações e instituições, de forma a capacitá-los para responderem aos desafios que a construção de uma sociedade sustentável implica.
  • Promover a reflexão e a partilha de soluções que assegurem uma transição justa para uma economia neutra em carbono e assente nos princípios da sustentabilidade, num momento chave para a UE e para os Estado-Membros ao nível da disponibilização de recursos e da sua articulação com uma nova agenda política.
  • Explorar as interligações entre ciência, economia, gestão, política e sociedade e promover o contacto entre diferentes especialistas e interlocutores que representam diferentes quadrantes da sociedade.
  • Criar as condições para que os participantes de diferentes áreas explorem propostas diversas e possam estabelecer redes de contacto para futuras intervenções em prol da construção de uma sociedade sustentável.
  • Afirmar a Escola de Verão em Sustentabilidade como uma iniciativa de relevante interesse para a sociedade portuguesa, pelo seu contributo específico em abrir novos horizontes e dotar os participantes de novas ferramentas e capacidades para compreender a complexidade e a natureza inter-relacional da sociedade atual e futura.

 

OBJETIVOS ESPECÍFICOS

Em 2022 a VI Escola de Verão sobre Sustentabilidade será realizada em parceria com a APREN – Associação Portuguesa de Energias Renováveis e promoverá a problematização e a reflexão em torno dos desafios que um novo modelo energético como se preconiza atualmente – assente nos princípios da suficiência, eficiência, fontes renováveis, neutralidade climática, justiça e bem-estar – coloca à sociedade. 
O contexto de guerra torna ainda mais premente e evidente a necessidade de alterarmos o nosso paradigma energético. Durante esta semana intensiva serão abordados os temas da pobreza energética, da reabilitação de edifícios, da produção renovável e descentralizada, das comunidades energéticas, mas sem esquecer os prosumidores, e o papel que as ciências sociais podem desempenhar na necessária alteração de práticas que terá de acontecer e na procura dos equilíbrios sociais tão necessários, quanto complexos. Será ainda debatida a necessidade de conceitos mais desafiadores como o de suficiência e a descodificação do nosso complexo sistema de uso da energia, que vai muito para além dos combustíveis usados para a nossa mobilidade.
 

12 de setembro
1.ª Sessão Apresentação e Enquadramento  
  Apresentação e Enquadramento

Luísa Schmidt, João Guerra - OBSERVA/ICS-ULisboa

Susana Fonseca - ZERO

Pedro Amaral Jorge - APREN

  Escalas Internacional, europeia e nacional

DG-ENER

Francisco Ferreira - ZERO

Carlos Pimenta - APREN

2.ª Sessão PRR e a Reabilitação de Edifícios  
  Apoio financeiro à reabilitação de edifícios ADENE
  Exemplo de Espanha

Javier Tobias e Cecília Foronda - ECODES

  Exemplo de Itália Ellena Allegrini - ENEA
  A abordagem passiva FCUL

 

13 de setembro
3.ª Sessão Pobreza Energética  
  Enquadramento João Pedro Gouveia - FCT-NOVA
  A perspetiva da saúde pública Armando Brito de Sá - ISAMB, e ACES-Arrábida
  Estratégia Nacional de combate à pobreza energética Secretaria de Estado do Ambiente e da Energia
4.ª Sessão Prosumo - consumir a energia que se produz  
  O caso de uma indústria  
  Experiência de um prosumidor Vitor Cóias - Gecorpa
  Comunidade de Energia Guilherme Luz - Coopérnico

 

14 de setembro
5.ª Sessão O futuro do sistema energético  
  O roteiro para a Neutralidade Carbónica Pedro Martins Barata - Get2c
  O papel das cooperativas de energia Dirk Vansintjan - RESCOOP
6.ª Sessão Mobilidade - o desafio da transição  
  Mobilidade - o desafio da transição

José M. Viegas - TIS-ULisboa

Mário Alves - Estrada Viva/MUBI

Tiago Farias - IST-ULisboa

 

15 de setembro
7.ª Sessão Visita a um parque fotovoltaico  
8.ª Sessão Visita a uma comunidade de energia  

 

16 de setembro
9.ª Sessão Modelos inovadores  
  O caso de uma autarquia Câmara Municipal de Cascais
  Empresa de serviços de energia  
  O caso do Pego - mudança e perspetiva Pedro A. Fernandes - ENDESA
10.ª Sessão Balanço e Avaliação  
  Conferência Final Sophie Howe - the Wales Commissioner for Wellbeing and Future Generations
  Avaliação de Escola de Verão  
  Debate e conclusões  

Candidaturas

Candidaturas: Até dia 06/09/2022

Candidaturas exclusivamente online através do FenixEdu: https://fenix.ics.ulisboa.pt.

Caso já possua uma conta no ICS deverá utilizar as suas credenciais Campus/Edu para realizar a candidatura. Poderá recuperar o acesso à conta ULisboa em: https://utilizador.ulisboa.pt.

Caso nunca tenha sido estudante do ICS, deverá realizar o registo em: https://fenix.ics.ulisboa.pt/accountCreation.

Caso não se recorde dos dados de acesso ao Fénix do ICS, deverá recuperar o acesso em: https://fenix.ics.ulisboa.pt/passwordResetRequest.

A candidatura tem um custo de 10 €.

Admissão

Emolumentos

Taxa de Candidatura: 10 €

Taxa de Inscrição (que inclui o seguro escolar): 25 €

 

Taxa de Frequência:

Comunidade ICS | Estudantes | ONG: 150€
Setor Público: 250€
Público em Geral: 300 €

Coordenador 
Entidades organizadoras: Observa / ICS-ULisboa | Zero – Associação Sistema Terrestre Sustentável | APREN – Associação Portuguesa das Energias Renováveis