Histórias Cruzadas

Histórias Cruzadas
Intelectuais no Brasil e Portugal Durante a Restauração Católica (1910-1942)
Categoria: 
ISBN: 
978-972-671-509-2
Idioma: 
Português
Ano da primeira edição: 
2018
Data de publicação: 
2018/Dez
Dimensão: 
23x15
Nº Páginas: 
410
Coleção: 
Colecção Geral
Formato: 
Capa Mole
25,00 €22,50 €

Desde os anos 1990, estudos comparativos abordando instituições do Brasil e de Portugal vêm demonstrando quanto a independência brasileira não constituiu um efetivo distanciamento entre as duas nações. Ao invés disso, percebe-se, nos séculos XIX e XX, um estreito diálogo entre governantes, políticos e intelectuais dos dois lados do Atlântico, do qual resultou um variado e importante conjunto de realizações. Ao investigar o processo de separação Igreja-Estado em Portugal e no Brasil, este livro exemplifica com precisão e rigor documental tal troca de experiências, em especial os procedimentos que efetivaram a “restauração” e “(re)politização” dos espaços da Igreja Católica enquanto instituição político-religiosa no período (1910-1942) de consolidação das repúblicas brasileira e portuguesa. 

Prof.ª Dr.ª Izabel Andrade Marson, Livre-docente do Departamento de História da Universidade Estadual de Campinas (UNICAMP, São Paulo, Brasil)

Em Histórias Cruzadas: Intelectuais no Brasil e em Portugal durante a Restauração Católica (1910-1942), Carlos André Silva de Moura apresenta-nos um excelente estudo simultaneamente comparativo e transnacional das relações entre as Igrejas Católicas brasileira e portuguesa e os seus intectuais na primeira metade do século XX. 

António Costa Pinto, Instituto de Ciências Sociais da Universidade de Lisboa

 

Prefácio

António Costa Pinto

p. 19
Apresentação p. 21
Introdução p.25
1. A análise dos conceitos para o estudo do movimento da restauração católica no mundo luso-brasileiro p.45
2. A derrubada do trono e do altar: debates sobre a laicização e o laicismo no Brasil e em Portugal p. 83
3. "Restaurar todas as cousas de Cristo": a organização do movimento de racatolização no mundo luso-brasileiro p.153
4. Estratégias compartilhadas no mundo luso-brasileiro: a recatolização em Portugal e as suas ortopráticas no Brasil p. 239
5. Negociações entre o Estado e a Santa Sé: A igreja sob o regime de concordata p. 311
Considerações finais p. 367
Bibliografia p. 375
Índice remissivo p. 407

 

Carlos André Silva de Moura, professor do Departamento de História da Universidade de Pernambuco. Atualmente dedica-se a pesquisas sobre a História Cultural das Religiões, as histórias cruzadas entre intelectuais portugueses e brasileiros durantes o movimento de Restauração Católica, as aparições marianas no mundo luso-brasileiro, as relações internacionais entre Brasil e Portugal no início do século XX, as missões e diásporas religiosas em África, os espaços de sociabilidade e o ensino de história. É coordenador do Laboratório de Estudos da História das Religiões (LEHR) e membro da Rede de Pesquisa História e Catolicismo no Mundo Contemporâneo.