(APAGAR)Qualidade de Vida e Governo da Cidade - Bases para um Novo Modelo de Governação de Lisboa

(APAGAR)Qualidade de Vida e Governo da Cidade - Bases para um Novo Modelo de Governação de Lisboa

Principais fases do projecto:

1. Diagnóstico urbano de Lisboa. O sistema-cidade: A Lisboa contemporânea - Estado da arte. Desafios e potencialidades. O posicionamento de Lisboa nas suas diferentes escalas: local / ao nível do bairro, municipal, metropolitana, nacional, internacional. Os novos desafios que a cidade enfrenta.

2. Inquéritos sobre a percepção da qualidade de vida e da qualidade de governo e governação. Inquéritos realizados a residentes e a utilizadores da cidade. Percepções e perspectivas, o capital cognitivo e o capital simbólico, capital social e estruturas socioculturais. As diferentes escalas: local, municipal e metropolitana. Entrevistas e inquéritos estratificados a actores centrais do sistema político municipal em Lisboa. Análise crítica.

3. Conclusões integradas: o estado da arte da cidade de Lisboa e das suas estruturas de governação, percepções da qualidade de vida e da qualidade de governo, discrepâncias entre o sistema-cidade e o sistema de governação da cidade. Estruturas políticas, institucionais, organizacionais e administrativas. Configurações espaciais para o governo e a administração local. Competências, recursos e responsabilidades.

4. Desenvolvimento de cenários e propostas para debate. Linhas globais para as estruturas espaciais, institucionais e de competência política da cidade. Linhas globais para o projecto municipal de descentralização

Estatuto: 
Proponent entity
Financed: 
No
Keywords: 

Governação Urbana, Qualidade de Vida Urbana, Políticas Urbanas e Administração

Principais fases do projecto:

1. Diagnóstico urbano de Lisboa. O sistema-cidade: A Lisboa contemporânea - Estado da arte. Desafios e potencialidades. O posicionamento de Lisboa nas suas diferentes escalas: local / ao nível do bairro, municipal, metropolitana, nacional, internacional. Os novos desafios que a cidade enfrenta.

2. Inquéritos sobre a percepção da qualidade de vida e da qualidade de governo e governação. Inquéritos realizados a residentes e a utilizadores da cidade. Percepções e perspectivas, o capital cognitivo e o capital simbólico, capital social e estruturas socioculturais. As diferentes escalas: local, municipal e metropolitana. Entrevistas e inquéritos estratificados a actores centrais do sistema político municipal em Lisboa. Análise crítica.

3. Conclusões integradas: o estado da arte da cidade de Lisboa e das suas estruturas de governação, percepções da qualidade de vida e da qualidade de governo, discrepâncias entre o sistema-cidade e o sistema de governação da cidade. Estruturas políticas, institucionais, organizacionais e administrativas. Configurações espaciais para o governo e a administração local. Competências, recursos e responsabilidades.

4. Desenvolvimento de cenários e propostas para debate. Linhas globais para as estruturas espaciais, institucionais e de competência política da cidade. Linhas globais para o projecto municipal de descentralização

Objectivos: 
1. The analysis and interpretation upon the State-of-the-art of the city of Lisbon and its governance structures, including its citizens perceptions of correspondent quality of life and quality of government. Analytical developments upon the gaps between the city-system problematic, rhythms and structures, and the corresponding city's governance system. It is expected to develop new analytical guidance for local political, institutional and administrative reviews. Also, there will be developed new conceptual and operational questionings upon the socio-spatial and cultural configurations of the local political government and administration tiers and competences, including hypothetical redesign of competences, resources and responsibilities. <p>2. There will be developed local administration scenarios / proposals for discussion - including global lines for the city's spatial, institutional and political competence structures, and global lines for municipal and metropolitan embbeddedness as a whole. </p>
State of the art: 
.
Parceria: 
Unintegrated
Alexandra Baixinho
Paulo Madruga
Coordenador