Os Jovens Portugueses no Contexto da Ibero-América

Os Jovens Portugueses no Contexto da Ibero-América
Categoria: 
ISBN: 
978-972-671-379-1
Idioma: 
Português
Data de publicação: 
2016/Dec
Dimensão: 
23x15
Nº Páginas: 
198
Coleção: 
​Observatórios ICS
Formato: 
Capa Mole
16,00 €14,40 €

O presente livro, tendo por base o 1.º Inquérito às Juventudes Ibero-Americanas, centra-se no estudo das atitudes e dos valores dos jovens portugueses, tomando-se por termo de comparação os jovens da Ibero-América. Numa primeira parte abordam-se as atitudes dos jovens perante temas socialmente sensíveis, dando-se particular destaque à sexualidade e às perceções de violência social. Numa segunda parte analisa-se a participação cívica dos jovens e as suas atitudes perante a democracia, bem como a (des)confiança nas instituições democráticas. Finalmente, aferem-se situações e representações no campo da educação e das inserções profissionais, questiona-se o uso das novas tecnologias e confrontam-se atitudes em relação ao presente e expetativas perante o futuro. Para além da sua relevância científica, o estudo realizado é um importante contributo para todos os atores políticos que trabalham nas políticas públicas de juventude..

 

Prefácio p.19

Introdução
José Machado Pais

p.21

Parte I Valores, atitudes e perceções

 
Capítulo 1
Valores e atitudes perante temas socialmente sensíveis
Cícero Roberto Pereira
p.33
Capítulo 2
Perceções de violência social
Simone Tulumello e Cláudia Casimiro
p.53
Capítulo 3
Sexualidade e métodos contracetivos
Sofia Aboim
p.75

Parte II Confiança nas instituições democráticas e participação

 
Capítulo 4
A participação social e política
Pedro Moura Ferreira
p.93

Capítulo 5
Os jovens frente à democracia e às suas instituições
Marcelo Camerlo e Andrés Malamud

p.109

Parte III Educação, trabalho e futuro

 
Capítulo 6 
Educação e inserções profissionais 
Vítor Sérgio Ferreira e Jussara Rowland 
p.121
Capítulo 7
Uso de novas tecnologias
Ana Nunes de Almeida e Ana Delicado
p.141
Capítulo 8 
Diagnóstico do presente, expetativas sobre o futuro
Sérgio Moreira
p.155
Bibliografia p.173
Anexos p.179

 

José Machado Pais, Investigador Coordenador do Instituto de Ciências Sociais da Universidade de Lisboa. Foi Professor Visitante em várias universidades europeias e sul-americanas e Professor Catedrático Convidado do ISCTE/Instituto Universitário de Lisboa. Coordenou o Observatório Permanente da Juventude Portuguesa e o Observatório das Actividades Culturais. Foi consultor da União Europeia e do Conselho da Europa, tendo sido Vice-Presidente do Youth Directorate of the Council of Europe. Foi Director da revista Análise Social e da editora Imprensa de Ciências Sociais e Subdiretor do ICS-ULisboa (três mandatos). Foi também Vice-Presidente da Associação Internacional de Ciências Sociais e Humanas de Língua Portuguesa.   Em 2003, recebeu o Prémio Gulbenkian de Ciências Sociais e, em 2012, o Prémio ERICS (Prémio Estímulo e Reconhecimento da Internacionalização em Ciências Sociais). Em 2018 foi agraciado com um doutoramento Honoris Causa, pela Universidade de Manizales (Colômbia). 

Tem dirigido vários projetos internacionais em  diferentes domínios das Ciências Sociais e publicado em revistas internacionais de referência. Publicou cerca de 40 livros – mais de 20 de autoria individual

Cícero Roberto Pereira  formou-se em Psicologia e obteve mestrado em Psicologia Social na Universidade Federal da Paraíba (UFPB, 2000). Doutorou-se em Psicologia Social pelo Instituto Universitário de Lisboa (ISCTE-IUL, 2007) com uma tese sobre a relação entre o preconceito e a discriminação em contextos anti-preconceito. Desenvolveu estudos pós-doutorais no Instituto de Ciências Sociais da Universidade de Lisboa (2009). Lidera o Grupo de Pesquisa em Comportamento Político da Universidade Federal da paraíba e coordena a equipe internacional do ITB PROJECT. É bolsista de produtividade em pesquisa (PQ 1D) do CNPq.