Encruzilhadas na Construção da Identidade das Mulheres

Encruzilhadas na Construção da Identidade das Mulheres
Autor(es): 
Categoria: 
ISBN: 
978-972-671-361-6
Idioma: 
Português
Data de publicação: 
2015/Dec
Dimensão: 
23x15
Nº Páginas: 
281
Coleção: 
Colecção Geral
Formato: 
Capa Mole
19,00 €17,10 €

Encruzilhadas na Construção da Identidade das Mulheres é uma reflexão sociológica sobre identidade e temporalidade a partir da análise de percursos vividos no feminino, particularmente em dois momentos de transição familiar, duas encruzilhadas, a entrada na conjugalidade e o nascimento do primeiro filho.
O tempo incorporado revela-se, em cada um desses momentos, no impacto sentido em diferentes domínios da vida quotidiana. E o percurso vivido assume-se como determinante na construção da identidade actual. A valorização da individualidade ou da socialidade e o sentimento de cumprir um destino ou de realizar um projecto são dois eixos de análise que permitem tipificar os percursos de vida femininos.
Compreender a identidade no presente e através do tempo incorporado é o que propõe esta obra, onde a voz de diferentes mulheres nos transporta para o lado de dentro do quotidiano vivido, na busca dos sentidos e significados do que é ser mulher.

 

Prefácio p. 13
Introdução p. 15
Parte I - Identidade e percurso de vida   
Capítulo 1 - Ser mulher, uma identidade construída  p. 25
Capítulo 2 - Transições familiares  p. 31
Capítulo 3 - Do percurso ao mapa identitário  p.63
Parte II - Transições familiares e construção da identidade das mulheres   
Introdução  p. 89
Capítulo 4 - Momentos marcantes no percurso de vida das mulheres  p. 91
Capítulo 5 - Percursos femininos p. 107
Capítulo 6 - O início da vida conjugal  p. 143
Capítulo 7 - O início da vida conjugal vivido do «lado de dentro» p. 157
Capítulo 8 - O nascimento do primeiro filho  p. 165
Capítulo 9 - O que muda com o nascimento do primeiro filho  p. 189
Capítulo 10 - Encruzilhadas e mapas identitários  p. 199
Conclusões p. 241
Bibliografia p. 253

 

Piedade Lalanda é licenciada em Etnologia pela Université Paul Valery - Montpellier/França (1983) e Doutorada em Ciências Sociais pela Universidade de Lisboa (2003), iniciou atividade docente na Escola de Enfermagem em 1983. Entre 1997 e 2001 integrou duas equipas de investigação no ICS/Univ. de Lisboa. Entre 2001 e 2014 ocupou vários cargos políticos de eleição, como vereadora, deputada municipal, deputada regional e Secretária Regional. Desde 2014 ocupa o lugar de Professora Coordenadora da Escola Superior de Saúde e leciona na Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade dos Açores, Portugal.