Conferência

Conferência

O que pensam os portugueses sobre o trabalho? E os holandeses sobre a família? Que posições defendem os franceses em relação à religião? É a estas e muitas outras questões que responde o Estudo dos Valores Europeus (EVS), um dos mais antigos estudos de atitudes e valores realizados na Europa e que permite conhecer crenças, preferências, atitudes, valores e opiniões de cidadãos de toda a Europa.

Projeto único no que toca à monitorização e ao mapeamento de valores na Europa, recolhe uma quantidade riquíssima de informação nas mais diversas áreas – política, vida em sociedade, questões relacionadas com a perceção de bem-estar e felicidade, moralidade, movimentos migratórios, o papel de Estado-Providência, as redes sociais, as alterações climáticas entre outras –e permite traçar um perfil para cada país, descobrir o que nos aproxima e o que nos distancia de cidadãos de outros países europeus, identificar e comparar tendências de estabilidade ou de mudança nas últimas três décadas, em Portugal e nos restantes países europeus. É pois um estudo que pode interessar a um público muito vasto, que vai da academia aos decisores políticos, passando por professores, alunos dos diversos níveis de ensino, jornalistas e público em geral.

A quinta edição do Estudo dos Valores Europeus, apresentado na Fundação C. Gulbenkian (a 14 de junho de 2021, a partir das 15:00) contou com a participação de 34 países.

Em Portugal foi coordenada pelos investigadores do Instituto de Ciências Sociais da Universidade de Lisboa, Pedro Magalhães e Alice Ramos e contou com o apoio financeiro da Fundação Calouste Gulbenkian, da Fundação “la Caixa” e da Fundação para a Ciência e a Tecnologia.

TRANSMISSÃO ONLINE

 

PUBLICAÇÕES

Os valores dos portugueses

Alice Ramos, Pedro C. Magalhães

Resultados do European Values Study

 

European Values Study

Alice Ramos, Pedro C. Magalhães

Relatório do Estudo dos Valores Europeus, 2017-2019