Mulheres em Tempos Sombrios

Mulheres em Tempos Sombrios
Oposição Feminina ao Estado Novo
Autor(es): 
Categoria: 
ISBN: 
978-972-671-090-1
Idioma: 
Português
Data de publicação: 
2002/Jun
Dimensão: 
23x15
Nº Páginas: 
346
Coleção: 
Estudos e Investigações
Formato: 
Capa Mole
19,38 €17,44 €

A oposição ao Estado Novo contou também com a participação das mulheres. Pode mesmo dizer-se que houve um protagonismo feminino singular, tanto na área das actividades humanitárias, pacifistas e feministas, como na acção mais explicitamente política. Através das histórias de vida de algumas mulheres das classes médias urbanas, a autora observa as circunstâncias em que aquelas despertaram para a política e iniciaram o seu envolvimento oposicionista, analisando também o modo como estas actividades e preocupações influenciaram a sua vida familiar e quotidiana.

 

Prefácio p.15
Introdução
Mulheres em tempos sombrios, oposição feminina ao estado novo (1945-1974)
p.19
Capítulo I - A infância. As famílias de origem. Socialização política p.29
Capítulo II - Dinastias políticas. Adolescência e juventude. A escola p.60
Capítulo III - A politização na vida adulta. Inserção profissional. Novas dinastias políticas p.97
Capítulo IV - Oposição feminina ao estado novo (I). O conselho nacional das mulheres portuguesas e a associação feminina portuguesa para a paz p.144
Capítulo V - Oposição feminina ao estado novo (II). Mulheres nos grupos oposicionistas unitários e «comissões femininas» p.177
Capítulo VI - As prisões políticas. Exercício activo da cidadania. Perfis de mulheres políticas p.216
Conclusão
Oposição feminina ao estado novo: ser-se, sobretudo, «antifascista»
p.257
Bibliografia e fontes p.265
Anexos p.277