Famílias em Portugal

Famílias em Portugal
Autor(es): 
Categoria: 
ISBN: 
978-972-671-161-4
Idioma: 
Português
Data de publicação: 
2012/Nov
Nº Páginas: 
672
Coleção: 
Colecção Geral
Formato: 
Capa Mole
29,50 €26,55 €

Este livro analisa os principais traços das famílias portuguesas no fim do século XX. O inquérito nacional, representativo de Portugal continental, foi realizado em 1999 e teve como principal objectivo fazer um retrato actual e diversificado das familias de casais com filhos na sociedade portuguesa, relacionando as suas dinâmicas internas (conjugais, parentais, familiares) com os factores sociais, temporais e de género que as influenciam.Viver em casal e em familia hoje já não significa adaptar-se a um modelo único de relações familiares, antes se demonstrando a sua pluralidade, desde formas mais institucionais até estilos mais igualitários e modernos de família. Os resultados apontam para percursos variados de entrada na conjugalidade e na parentalidade, para modos diversos de divisão familiar do trabalho, para uma mistura de valores institucionais e companheiristas, para solidariedades familiares atravessadas por desigualdades sociais. O livro revela seis principais tipos de família, explica o seu funcionamento e a sua ancoragem social e examina o impacto dos diferentes momentos de vida familiar.

 

Introdução
Karin Wall
p.35
O enfoque da pesquisa p.40
Famílias em Portugal: uma primeira síntese das grandes tendências p.44
Capítulo 1 - Um primeiro retrato das famílias em Portugal
Sofia Aboim, Vanessa Cunha e Pedro Vasconcelos
p.51
Parte I
Formação da família
 
Capítulo 2 - A formação do casal: formas de entrada e percursos conjugais
Sofia Aboim
p.85
Capítulo 3 - A escolha do cônjuge
Rodrigo Rosa
p.117
Parte II
Dinâmicas da vida conjugal e familiar
 
Capítulo 4 - As orientações normativas da conjugalidade
Sofia Aboim
p.169
Capítulo 5 - Dinâmicas de interacção e tipos de conjugalidade
Sofia Aboim
p.231
Capítulo 6 - A divisão familiar do trabalho
Karin Wall e Maria das Dores Guerreiro
p.303
Capítulo 7 - Transições familiares e identidade das mulheres
Piedade Lalanda
p.363
Parte III
O lugar dos filhos
 
Capítulo 8 - A fecundidade das famílias
Vanessa Cunha
p.395
Capítulo 9 - As funções dos filhos na família
Vanessa Cunha
p.465
Capítulo 10 - Modos de guarda das crianças 
Karin Wall
p.499
Capítulo 11 - Filhos e filhas: uma diferente relação com a escola
Ana Nunes de Almeida, Isabel André e Vanessa Cunha
p.517
Parte IV
Espaço de co-residência e de entreajuda
 
Capítulo 12 - Os grupos domésticos de co-residência
Karin Wall
p.553
Capítulo 13 - Redes sociais de apoio
Pedro Vasconcelos
p.599
Anexos p.633
Bibliografia p.651

 

Karin Wall, sociológa. É actualmente investigadora coordenadora e directora do Instituto de Ciências Sociais da Universidade de Lisboa. Lecciona a nível graduado e pós-graduado desde 1980, no ISCTE-IUL e no Instituto de Ciências Sociais.  As suas principais áreas de especialização são a sociologia da família e das relações de género, a análise comparativa de políticas sociais e a sociologia das migrações. A sua investigação e publicações centram-se nas mudanças na família e relações de género em Portugal e na Europa, na conciliação trabalho-família, na paternidade e no papel dos homens na família, nas solidariedades e redes sociais ao longo da vida, nas migrações e vivências transnacionais, nos desenvolvimentos nas políticas de família na Europa e no impacto da crise nas crianças e na vida familiar. É membro fundador da Associação Portuguesa de Sociologia (1985) e da Associação Europeia de Sociologia (1992). Trabalha, desde 1994, como especialista internacional em políticas familiares em várias instituições e redes europeias. Foi membro do Observatório Europeu de Políticas Nacionais de Família. Foi membro do Comité de Peritos em Políticas Sociais para Famílias e Crianças do Conselho da Europa. É membro, da International Network on Leave Policies and Research. Em 2018, foi professora visitante na Universidade de Genebra (Alba Viotto Professorship). Foi fundadora e coordenadora até 2018 do Observatório de Famílias e Políticas Familiares (OFAP).