A Chave do Armário

A Chave do Armário
Homossexualidade, Casamento, Família
Categoria: 
ISBN: 
978-972-671-239-8
Idioma: 
Português
Data de publicação: 
2009/Jan
Nº Páginas: 
225
Coleção: 
Colecção Breve
Formato: 
Capa Mole
15,00 €13,50 €

Este livro é o resultado de alguns anos de relação dinâmica entre antropologia, intervenção pública e activismo. Debruçando-se sobre terrenos ocidentais – Portugal, Espanha, França e Estados Unidos da América - o objecto central é o casamento, a parentalidade e a família no que às pessoas homossexuais diz respeito. Na linguagem que foi sendo desenvolvida pelas formas culturais criadas pela experiência social da homossexualidade, o “armário” é a expressão que designa o ocultamento e o silenciamento da identidade gay ou lésbica. “Sair do armário” é o acto primordial de libertação, simultaneamente constitutivo do sujeito e politizador da identidade. Várias têm sido as “chaves” moldadas e experimentadas para abrir o armário: resistências, revoltas, provocações, festas, manifestações, comunidades, redes, movimentos, criações artísticas, etc. Mas nunca como hoje – pelo menos nas democracias liberais euro-americanas – se usou tanto o ideário da igualdade, dos direitos humanos e da cidadania para exigir as condições de possibilidade para o fim definitivo do “armário”. O debate sobre o casamento entre pessoas do mesmo sexo torna-se assim central para uma ciência social que pretenda fazer a etnografia e a análise das transformações sociais contemporâneas.

 

Introdução p.11
1. Orientação sexual e direitos humanos universais p.25
2. «Até que a Lei vos una»: casamento, cidadania e ciências sociais nos EUA e na França p.45
3. The Loving Analogy: casamento inter-racial nos EUA e outras alianças proibidas p.85
4. Gentes remotas e estranhas: Espanha, 2005 p.105
5. Gentes próximas e familiares: relatos de Barcelona, 2005 p.119
6. Deste lado da fronteira: política do género e da sexualidade no Portugal contemporâneo p.175
7. Tempestade num copo de água: a antropologia e o casamento entre pessoas do mesmo sexo p.197
Bibliografia p.214
Índice remissivo  p.221

 

Miguel Vale de Almeida é doutorado em Antropologia pelo ISCTE (1994), é professor associado com agregação nessa instituição e investigador do CRIA. Desenvolveu pesquisa sobre género, “raça” e orientação sexual, em Portugal, Brasil e Espanha.