Educação Ambiental

Educação Ambiental
Balanço e Perspectivas para uma agenda Mais sustentável
Categoria: 
ISBN: 
978-972-671-265-7
Data de publicação: 
2010/Mar
Nº Páginas: 
224
Formato: 
Capa Mole
15,99 €14,39 €

A partir de dois inquéritos de âmbito nacional – um aplicado a um vasto leque de organizações não escolares (estatais, privadas e associativas) e outro aos estabelecimentos de ensino básico e secundário portugueses – procedeu-se a uma análise do panorama dos projectos de educação ambiental e para o desenvolvimento sustentável. Os dados inéditos recolhidos permitiram aos autores discutir e avaliar a educação ambiental que hoje se faz em Portugal (incluindo o seu percurso histórico) e o modo como ela tem desempenhado o seu papel na formação de uma cidadania para o desenvolvimento sustentável. Sublinhando a oportunidade da Década das Nações Unidas da Educação para o Desenvolvimento Sustentável, os autores constatam a ausência persistente de um modelo pedagógico e de uma estratégia política de educação que «garantam aos problemas do ambiente e do desenvolvimento sustentável um lugar estratégico e permanente no processo educativo». A melhor pedagogia seria transformar as escolas em exemplos de inteligência ambiental e verdadeiros «laboratórios de sustentabilidade».
 

 

Apresentação p.17
Introdução p.21
Capítulo 1 - Da educação ambiental à educação para o desenvolvimento sustentável: percursos, oportunidades e conceitos  p.29
Capítulo 2 - Quem promove a educação ambiental: os projectos das organizações não-escolares p.67
Capítulo 3 - Contextos escolares: as condições para a educação ambiental e para o desenvolvimento sustentável p.121
Capítulo 4 - Entre o recreio e a sala de aula: projectos de educação ambiental e para o desenvolvimento sustentável nas escolas  p.159
Conclusão p.207
Bibliografia p.217

 

Luísa Schmidt é investigadora principal no Instituto de Ciências Sociais da Universidade de Lisboa, onde coordena a linha de pesquisa «Sustentabilidade: Ambiente, Risco e Espaço». Autora de vários livros, faz parte da equipa de investigadores que criaram o OBSERVA – Observatório Permanente de Ambiente, Sociedade e Opinião Pública. É membro do CNADS (Conselho Nacional do Ambiente e Desenvolvimento Sustentável) e colunista regular no semanário Expresso.
Joaquim Gil Nave é doutorado em Ciências Políticas e Sociais pelo Instituto Universitário Europeu (Florença) e professor auxiliar do Departamento de Sociologia do ISCTE-Instituto Universitário de Lisboa. Faz parte da equipa de investigadores que criaram o OBSERVA e colabora regularmente com o CIES – Centro de Investigação e Estudos de Sociologia (ISCTE-IUL).
João Guerra é investigador do OBSERVA desde 1998, onde tem colaborado em pesquisas na área das interacções entre sociedade e ambiente, e autor de livros e artigos sobre estas matérias. Licenciado em «Sociologia e Planeamento e mestre em Ciências Sociais, é actualmente doutorando do ICS-UL. No âmbito da sustentabilidade local, integra ainda a Comissão Nacional do Programa ECO XXI.

Shopping cart

Your shopping cart is empty.