A Sociedade Vigilante

A Sociedade Vigilante
Ensaios sobre identificação, vigilância e privacidade
Autor(es): 
Categoria: 
ISBN: 
978-972-671-228-2
Idioma: 
Português
Data de publicação: 
2009/Feb
Nº Páginas: 
302
Coleção: 
Colecção Geral
Formato: 
Capa Mole
21,00 €18,90 €

A Sociedade Vigilante reúne um conjunto de ensaios de proeminentes cientistas sociais, nacionais e internacionais, que procuram problematizar a implementação e legitimação de vários mecanismos de controlo vigentes na sociedade contemporânea. Aqui são abordados temas como a videovigilância;
o policiamento; a introdução de novos cartões de identificação; a regulação das politicas de protecção da privacidade individual; o uso e recolha de dados pessoais (estatísticos e genéticos) para fins governamentais ou comerciais. Os autores deste livro propõem-se mostrar que estar alerta, ser-se vigilante, é uma preocupação pertinente para a academia, para decisores políticos e para a sociedade civil, procurando contribuir para um debate lúcido e informado em torno destas matérias.

 

Prefácio
João de Pina Cabral 
p.21
Introdução
Catarina Frois
p.27
Parte I
Identificação
p.39
Capítulo 1 - A automobilização da ciência para a criação de aparelhos de identificação e de coacção estatal em finais do século XIX
José Luís Garcia 
p.43
Capítulo 2 - Disciplina, controlo, segurança: no rasto contemporâneo de Foucault
Maria Ivone Pereira da Cunha
p.67
Parte II
Vigilância
p.83
Capítulo 3 - Vigilância soft − o crescimento da voluntariedade obrigatória na recolha de dados pessoais: «ó amigo, empresta-me uma amostra de ADN?»
Gary T. Marx 
p.87
Capítulo 4 - Bases de dados pessoais e vigilância em Portugal: análise de um processo em transição
Catarina Frois
p.111
Capítulo 5 - Cartões de identificação nacionais: controlo do crime, cidadania e classificação social
David Lyon
p.135
Capítulo 6 - Confiança, voluntariedade e supressão dos riscos: expectativas, incertezas e governação das aplicações forenses de informação genética
Helena Machado, Susana Silva 
p.151
Capítulo 7 - Vigilância e identidade: para uma nova antropologia da pessoa 
Chiara Fonio
p.175
Capítulo 8 - Vigilância e controlo policiais: precisões etnográficas
Susana Durão
p.193
Parte III
Privacidade
p.225
Capítulo 9 - «Quem está a tomar conta dos miúdos?» Vigilância online a crianças e pré-adolescentes
Ian Kerr, Valerie Steeves
p.229
Capítulo 10 - Vigilância e privacidade: as opções de regulação
Charles D. Raab
p.255
Posfácio
Maria Eduarda Gonçalves
p.293
Índice remissivo p.299

 

Catarina Frois, investigadora do CRIA e professora auxiliar convidada no ISCTE-IUL.  Em 2015, o seu projeto “Human Security in Prison: Perspectives, Subjectivities and Experiences. A Contribution to the Anthropology of Security” foi financiado pela Gerda Henkel foundation, ao abrigo do Special Programme Security, Society and the State. É também coordenadora de uma etnografia sobre o Parlamento português no projeto “O Estado por Dentro”, financiado pela Fundação Francisco Manuel dos Santos. É autora de vários capítulos de livros e artigos publicados em editoras internacionais com peer-review.

Shopping cart

Your shopping cart is empty.