A Produção das Mobilidades

A Produção das Mobilidades
Redes, Espacialidades e Trajectos
Categoria: 
ISBN: 
978-972-671-250-3
Idioma: 
Português
Data de publicação: 
2009/Sep
Nº Páginas: 
264
Coleção: 
Colecção Geral
Formato: 
Capa Mole
19,00 €17,10 €

Das migrações planetárias de pessoas com maior ou menor regularidade e com os mais variados propósitos e estatutos (turistas, trabalhadores, refugiados, etc.) ao transporte de objectos e de uma ampla gama de bens e mercadorias, passando pela difusão e circulação de símbolos, ideias, imaginários, são várias as vias, os contextos e os pretextos para pensarmos as mobilidades. O que distingue a maioria das sociedades actuais em relação às do passado no que toca às mobilidades é porventura a própria extensão das redes e a intensificação dos fluxos, a que podemos acrescentar o aumento do volume e a velocidade com que as transacções e os trânsitos se processam. Esta constatação encaminhou-nos para o ponto de partida deste livro. Discutir a globalização a partir da sua consequência mais óbvia - as mobilidades - mas também tendo por objectivo problematizar a relação com um dos seus referentes aparentemente mais insuspeitos - os lugares.
 

 

Introdução
José Alberto Simões e Renato Miguel do Carmo
p.17
Capítulo 1 - Seis temas na produção das mobilidades 
Tim Cresswell 
p.25
Capítulo 2 - Do espaço abstracto ao espaço compósito: reflectindo sobre as tensões entre mobilidades e espacialidades 
Renato Miguel do Carmo 
p.41
Capítulo 3 - A mobilidade residencial como objecto da história urbana: re- gistos, práticas e interpretações 
Frédéric Vidal
p.57
Capítulo 4 - Redes, Internet e hip-hop: redefinindo o espaço dos fluxos 
José Alberto Simões 
p.71
Capítulo 5 - Movimentos da imagem no graffiti: das ruas da cidade para os circuitos digitais 
Ricardo Campos 
p.91
Capítulo 6 - Em busca de um «tempo parado»: mobilidades e espaços turísticos na era da «viagem instantânea» 
Maria João Cordeiro
p.113
Capítulo 7 - A «carrinha» dos músicos em tournée: um lugar em movimento sem mobilidade 
André Nóvoa 
p.137
Capítulo 8 - Os profissionais das artes do espectáculo «na estrada»: entre o individualismo e a comunidade de interesses na União Europeia 
Cristina Farinha 
p.153
Capítulo 9 - «Lá fora com um pé cá dentro»: ligações dos cientistas expatriados ao sistema científico português
Ana Delicado 
p.177
Capítulo 10 - «Porque todos os ‘rebeldes’ falam português?» A circulação de jogadores brasileiros/sul-americanos no exterior, ontem e hoje 
Carmen Rial 
p.203
Capítulo 11 - «Os novos VIP»: políticas de mobilidade, emigração e nação no Bangladesh contemporâneo 
José Mapril 
p.225
Capítulo 12 - Circunscrição moral: mobilidade, diáspora e configurações doutrinais na Igreja Tokoísta (Angola) 
Ruy Llera Blanes
p.247
Considerações finais: mobilidades em descompressão 
Renato Miguel do Carmo e José Alberto Simões 
p.263
Índice remissivo  p.269

 

Renato Miguel do Carmo é sociólogo, licenciado e mestre pela Faculdade de Ciências Sociais e Humanas (FCSH-UNL), doutorado pelo Instituto de Ciências Sociais (ICS-UL), exerce actualmente funções como investigador auxiliar no Centro de Investigação e Estudos de Sociologia (CIES-ISCTE). Autor de vários livros e artigos (publicados em revistas nacionais e internacionais), versando principalmente as temáticas das desigualdades sociais e territoriais, globalização, mobilidade espacial e capital social.

José Alberto Simões é doutorado em Sociologia pela Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa, onde lecciona no Departamento de Sociologia. Investigador do CESNova – Centro de Estudos de Sociologia da Nova (FCSH/UNL). Membro do Conselho de Redacção da revista Fórum Sociológico. Integra a rede de investigadores do projecto EU Kids Online, coordenado pela London School of Economics and Political Science, actualmente em curso.