Estado Novo Democracia e Europa, 1947-1986

Estado Novo Democracia e Europa, 1947-1986
ISBN: 
978-972-671-201-5
Idioma: 
Português
Data de publicação: 
2007/Oct
Dimensão: 
23x15
Nº Páginas: 
325
Coleção: 
Colecção Geral
Formato: 
Capa Mole
21,90 €19,71 €

«Apesar de “orgulhosamente só”, Portugal não podia ficar completamente à margem do movimento de integração na Europa nos anos 50 e 60, sob pena de pôr em causa o seu crescimento económico. E, de facto, foi possível a um país não democrático e colonialista, cujo regime não apreciava a integração europeia, ser membro fundador da EFTA e vir a ligar-se à CEE por um acordo comercial ainda antes do 25 de Abril. Nicolau Andresen Leitão mostra como decorreu o fascinante e por vezes paradoxal relacionamento de Salazar e Caetano com a Europa, numa investigação indispensável para compreender o Portugal de hoje.»
Francisco Sarsfield Cabral

«Felizmente começa a haver literatura abundante sobre os caminhos por vezes ínvios que foram aproximando o Portugal de Salazar e Caetano da Europa que viria a ser o nosso destino. Este livro de Nicolau Andresen Leitão soma-se agora à lista, sustentando que, pelo menos nos últimos anos do regime, a economia pesou mais do que a ideologia. Leitura indispensável para quem quer perceber o presente.»
Teresa de Sousa

 

Prefácio p.13
Agradecimentos  p.17
Introdução p.21
Capítulo 1 - O Estado europeu de Salazar  p.25
Capítulo 2 - Portugal e as negociações da zona de comércio livre: a resposta diplomática p.63
Capítulo 3 - Portugal, a EFTA e a CEE p.117
Capítulo 4 - Uma economia dependente da Europa  p.169
Capítulo 5 - Um império dependente da Europa  p.213
Capítulo 6 - O Estado Novo, a democracia e a Europa  p.259
Notas biográficas  p.283
Fontes e bibliografia  p.299