O desenvolvimento social dos valores humanos na infância e na adolescência

O desenvolvimento social dos valores humanos na infância e na adolescência

A população europeia enfrenta múltiplos desafios no domínio da integração da diversidade social e cultural com impacto transversal nas várias gerações, quer nos contextos nacionais, quer no plano das relações entre os diferentes países. Neste contexto, torna-se premente o mapeamento da prevalência e expressão dos valores humanos básicos nas sociedades, e do seu papel na formação das representações de justiça e das atitudes face a diferentes grupos sociais (idade, género, nacionalidade, etc.) e nas perspetivas dos indivíduos face ao crescimento pessoal e ao seu bem-estar. A pesquisa transnacional nestes domínios pode não só elucidar o conhecimento científico sobre o desenvolvimento e a relação entre estes fatores, como também informar as políticas públicas nacionais e europeias que visam a construção de sociedades mais inclusivas. O projeto European Social Survey (ESS), iniciado em 2002, constitui um exemplo deste tipo de pesquisa com potencial simultaneamente substantivo e aplicado. No entanto, quer no contexto específico do ESS, quer ao nível da investigação de âmbito transnacional em geral, a investigação tem-se focado exclusivamente na população jovem-adulta, negligenciando a perspetiva das gerações mais novas.

Dado que a formação e o desenvolvimento dos valores humanos básicos, das representações de justiça e das atitudes sociais se iniciam na infância e são informadas culturalmente, torna-se premente a realização de pesquisa transnacional com esta população.

O presente projeto procura responder a esta necessidade, propondo mapear os valores humanos básicos de crianças e jovens (6-14 anos) e a sua associação com outros fatores centrais para um melhor entendimento das dinâmicas atuais, e antecipação das dinâmicas futuras, de inclusão e exclusão no espaço europeu. Este projeto permitirá, ainda, analisar o papel dos processos de socialização em contexto familiar na formação e desenvolvimento dos valores humanos. O projeto será desenvolvido em Portugal e em 3 outros países europeus, e envolverá a aplicação de um questionário a crianças residentes nos lares selecionados no âmbito da amostra do ESS9 (2018_2019) (mediante consentimento informado dos pais ou responsáveis pela criança). A equipa reunirá especialistas, do ICS-ULisboa, do ISCTE-IUL e das instituições dos países parceiros, na área da sociologia e da psicologia social do desenvolvimento, que desenvolvem a sua pesquisa com crianças e jovens. Esta equipa será responsável pelo delineamento da amostra, desenvolvimento do Questionário e do Protocolo de Entrevista e, finalmente, pela análise, discussão e publicação dos resultados obtidos.

O presente projeto dará um contributo fundamental para o desenvolvimento do estado-da-arte sobre a formação e desenvolvimento dos valores humanos em crianças e jovens e o papel da cultura nesse processo, numa perspectiva comparativa internacional.

 

Estatuto: 
Entidade proponente
Financiado: 
Sim
Entidades: 
Fundação para a Ciência e Tecnologia
Keywords: 

Infância, Valores Humanos, Estudos trans-nacionais, Estudos longitudinais.

A população europeia enfrenta múltiplos desafios no domínio da integração da diversidade social e cultural com impacto transversal nas várias gerações, quer nos contextos nacionais, quer no plano das relações entre os diferentes países. Neste contexto, torna-se premente o mapeamento da prevalência e expressão dos valores humanos básicos nas sociedades, e do seu papel na formação das representações de justiça e das atitudes face a diferentes grupos sociais (idade, género, nacionalidade, etc.) e nas perspetivas dos indivíduos face ao crescimento pessoal e ao seu bem-estar. A pesquisa transnacional nestes domínios pode não só elucidar o conhecimento científico sobre o desenvolvimento e a relação entre estes fatores, como também informar as políticas públicas nacionais e europeias que visam a construção de sociedades mais inclusivas. O projeto European Social Survey (ESS), iniciado em 2002, constitui um exemplo deste tipo de pesquisa com potencial simultaneamente substantivo e aplicado. No entanto, quer no contexto específico do ESS, quer ao nível da investigação de âmbito transnacional em geral, a investigação tem-se focado exclusivamente na população jovem-adulta, negligenciando a perspetiva das gerações mais novas.

Dado que a formação e o desenvolvimento dos valores humanos básicos, das representações de justiça e das atitudes sociais se iniciam na infância e são informadas culturalmente, torna-se premente a realização de pesquisa transnacional com esta população.

O presente projeto procura responder a esta necessidade, propondo mapear os valores humanos básicos de crianças e jovens (6-14 anos) e a sua associação com outros fatores centrais para um melhor entendimento das dinâmicas atuais, e antecipação das dinâmicas futuras, de inclusão e exclusão no espaço europeu. Este projeto permitirá, ainda, analisar o papel dos processos de socialização em contexto familiar na formação e desenvolvimento dos valores humanos. O projeto será desenvolvido em Portugal e em 3 outros países europeus, e envolverá a aplicação de um questionário a crianças residentes nos lares selecionados no âmbito da amostra do ESS9 (2018_2019) (mediante consentimento informado dos pais ou responsáveis pela criança). A equipa reunirá especialistas, do ICS-ULisboa, do ISCTE-IUL e das instituições dos países parceiros, na área da sociologia e da psicologia social do desenvolvimento, que desenvolvem a sua pesquisa com crianças e jovens. Esta equipa será responsável pelo delineamento da amostra, desenvolvimento do Questionário e do Protocolo de Entrevista e, finalmente, pela análise, discussão e publicação dos resultados obtidos.

O presente projeto dará um contributo fundamental para o desenvolvimento do estado-da-arte sobre a formação e desenvolvimento dos valores humanos em crianças e jovens e o papel da cultura nesse processo, numa perspectiva comparativa internacional.

 

Objectivos: 
A literatura mostra o muito que aprendemos ao estudar os valores humanos básicos e seus antecedentes e consequências na vida adulta. Contudo, torna-se essencial expandir o nosso conhecimento sobre o desenvolvimento dos valores humanos básicos na infância e na adolescência. Mais especificamente, a pesquisa sobre o desenvolvimento dos valores em populações mais jovens, nomeadamente através de teorias/estruturas de valores abrangentes (p.e., a Teoria dos Valores Humanos Básicos), é muito recente e focada em alguns aspetos-chave, mas restritos. Aspetos como a estrutura organizacional de valores e a forma como as crianças priorizam diferentes valores. Neste contexto, salientamos a existência quase nula ou escassa de evidência sobre os resultados dos valores humanos básicos de crianças e adolescentes. O CLAVE propõe abordar esta limitação mapeando em Portugal e noutros países europeus os valores humanos básicos de crianças e jovens adolescentes (6-14 anos), estudando o seu impacto nos sentimentos de crescimento pessoal e bem-estar das crianças na família e nos contextos escolares, ao passo que consideramos os indicadores subjetivos e objetivos de inclusão social e académica. Paralelamente, o CLAVE também visa abordar o impacto dos valores nas representações de justiça e atitudes em relação a diferentes grupos sociais (idade, sexo, nacionalidade, etc.). Esta abordagem proporcionará uma melhor compreensão da dinâmica atual e futura de inclusão e exclusão no espaço europeu. Isto é particularmente relevante se considerarmos os níveis crescentes de diversidade e mobilidade numa Europa globalizada e os desafios prementes para integrar a diversidade social e cultural, garantindo simultaneamente que as gerações mais jovens tenham um papel e uma voz ativa. O CLAVE propõe adotar uma abordagem transnacional para determinar em que medida a formação e o desenvolvimento de valores humanos básicos na infância e adolescência são informados culturalmente, mas também para identificar os resultados do perímetro da generalização e o seu valor para informar tanto a comunidade nacional como as políticas públicas europeias que visam criar sociedades mais inclusivas. O Inquérito Social Europeu- European Social Survey (ESS), iniciado em 2002, constitui um exemplo da perspetiva de investigação que o CLAVE pretende prosseguir, onde são abordadas as questões fundamentais e aplicadas. Na nossa revisão de literatura também destacamos que, apesar de vários estudos terem examinado o papel dos processos de socialização no surgimento e desenvolvimento dos valores das crianças, a avaliação sistematizada foi a contribuição relativa de diferentes grupos de referência e as consequências para as crianças serem confrontadas com influências conflituantes ainda não foram estudadas. Assim, o CLAVE propõe estudar as influências relativas da família e dos pares/ amigos na formação dos valores humanos básicos de crianças e adolescentes e em que medida essas influências são conflituantes e percebidas pela criança/ adolescente como tal. Isto permitirá desenvolver uma compreensão mais integrada dos processos de socialização envolvidos na formação e desenvolvimento de valores humanos básicos, mas também as consequências das influências conflituantes nos sentimentos de crescimento e bem-estar pessoal das crianças, e o seu grau de desenvolvimento social e inclusão acadêmica. Da mesma forma, o CLAVE também avançará o nosso conhecimento sobre a influência relativa da família e dos pares/amigos nas representações de justiça de crianças e adolescentes e suas atitudes em relação a diferentes grupos sociais (idade, gênero, nacionalidade etc.), e o papel mediador dos valores. Este conhecimento deve informar o desenho de políticas públicas e intervenções que visem promover atitudes sociais positivas e a inclusão da diversidade social no contexto escolar. Também pode informar sobre a eficácia potencial da intervenção baseada em valores que pode ser indireta e abrangente em comparação com intervenções existentes que são tipicamente mais diretas e limitadas nos seus objetivos para uma determinada área social (idade, etnia, nacionalidade, etc.).

CLAVE

Coordenador 
Data Inicio: 
01/10/2018
Data Fim: 
30/09/2021
Em curso