Edições ICS

Edições ICS

Apresentação

 

O ICS tem uma sólida tradição no campo das publicações científicas. 

Tudo começou com a fundação, em 1963, da Análise Social, publicação periódica dedicada às ciências sociais que foi pioneira do seu género em Portugal. Seguiram-se, durante anos, inúmeras publicações de monografias, comunicações, relatórios, compilações e outros textos, organizadas em diversas colecções. Entre os anos 1970 e parte da década de 1990, em especial no campo das obras monográficas, estabeleceram-se parcerias e relações de colaboração estreita com editoras conceituadas. Em finais da década de 1990 surgiu a Imprensa de Ciências Sociais, uma editora criada de raiz pelo Instituto, à semelhança de editoras universitárias já com provas dadas noutros países. Em tempos ainda mais recentes, o recurso à via electrónica resultou numa "explosão" de publicações com os mais diversos conteúdos, oriundas dos múltiplos programas e observatórios do ICS. A mais recente inovação em matéria de publicações foi o ICS News, boletim informativo do ICS, com edição bilingue em inglês e português.

 

Publicações atuais

Análise Social - a revista está no 45.º ano de actividade ininterrupta e prepara-se para alcançar a meta dos 200 números publicados. Numa primeira fase, os conteúdos provinham sobretudo do ICS e os membros do Conselho Editorial pertenciam todos ao Instituto. Este estado de coisas alterou-se bastante nos últimos anos. Actualmente, os textos propostos são submetidos a revisão por pares e o Conselho Editorial tem uma composição internacional. Os autores são maioritariamente externos ao ICS. É a este, na qualidade de proprietário da revista, que compete nomear o seu Director, mas a função é exercida com inteira autonomia. Actualmente são desenvolvidos esforços empenhados para conseguir a admissão da Análise Social na base de dados JCP/ISI. 

Imprensa de Ciências Sociais - idêntica evolução conheceu esta editora, especializada na publicação de livros na área das ciências sociais. Ao longo de duas décadas, foi o próprio ICS que deu à estampa cerca de 30 monografias, sobretudo de autores que trabalhavam no Instituto. Os serviços editoriais tinham uma organização informal. Tudo isto mudou radicalmente com a criação, em 1998, da Imprensa de Ciências Sociais, uma editora com individualidade própria e completa autonomia científica e administrativa. O Director é designado pelo ICS, que é a entidade proprietária. A maioria dos autores não pertence ao Instituto, a admissão dos textos faz-se mediante rigorosa selecção, e os serviços de distribuição e venda estão a cargo de profissionais. Os nove primeiros anos desta estrutura resultaram num sensível acréscimo da produção, tendo sido publicados 110 títulos. 

Portugal Social em Mudança - O ICS lançou em 2015 uma publicação bienal - Portugal Social em Mudança - que tem como objetivo disponibilizar informação sobre questões sociais numa ótica comparada, longitudinal e geográfica. "Portugal no contexto europeu em anos de crise" foi o título escolhido para o primeiro número. "Portugal, retratos municipais" é o título do segundo (2017). Os temas selecionados para cada uma das publicações procuram caracterizar Portugal a partir de indicadores quer objetivos (estatísticos) quer subjetivos (perceções, opiniões) relativos a diferentes facetas da realidade social. Serão escolhidos para cada um dos números domínios relevantes para o futuro do país e que traduzem linhas de produção e divulgação científicas prosseguidas no ICS-ULisboa, nomeadamente no âmbito dos seus Observatórios. 

Internet [Conteúdos on-line] - nos últimos anos, um número cada vez maior de equipas de investigação do ICS criaram as suas bases de dados e disponibilizaram-nas através da Internet. A rápida divulgação on-line dos dados obtidos pela investigação, proporciona informação actual e especializada, tanto à comunidade científica como ao público em geral. Presentemente existem os seguintes sítios (com a ressalva de que se trata de um campo de actividade extremamente dinâmico e, por isso, sujeito a permanentes actualizações) 

Ecoline - informação ambiental - relatórios, dados estatísticos, fotografias, vídeos. Há também uma newsletter

APIS - arquivo digital de conteúdos diversos no campo das ciências sociais - artigos, inquéritos, comunicações em conferências, teses e autores. 

ASP - referente à participação portuguesa em redes de pesquisa internacionais (ISSP, ESS, EVS) - livros, bases de dados, bibliografia, boletins informativos. 
 

 

Jornais e revistas digitais

Penélope online é uma publicação apoiada pelo Instituto de Ciências Sociais da Universidade de Lisboa, pelo Centro Interdisciplinar de História, Culturas e Sociedades da Universidade de Évora e pelo Centro de História de Além-Mar da Universidade Nova de Lisboa e da Universidade dos Açores. Procura-se, assim, garantir o acesso a uma publicação que durante cerca de duas décadas foi um marco incontornável na historiografia portuguesa e ibero-atlântica. 

HoST - journal of History of Science and Technology, é uma revista internacional on-line dedicada ao campo da história da ciência e da tecnologia. O seu objectivo é explorar as dimensões sociais e culturais da ciência e da tecnologia na história e em diferentes geografias. HoST é editada por um conjunto de instituições portuguesas - Instituto de Ciências Sociais (UL), Centro Interuniversitário de História da Ciência e da Tecnologia (UL e UNL) e Centro Interdisciplinar de História Culturas e Sociedade (UE) -, mas os seus artigos, publicados em inglês e submetidos ao sistema de peer-review, são produzidos por académicos de diferentes origens nacionais e dirigem-se a um público internacional.

 

Working Papers

Os Working Papers incluem trabalhos em curso, versões preliminares de artigos científicos ainda não aceites para publicação, comunicações a conferências e relatórios de projectos, escritos em Inglês, Portugues ou Espanhol e resultantes de alguma investigação científica produzida nas áreas de pesquisa do ICS.