ICS-ULisboa Annual Conference: «What Urban Futures? From Crisis to Hope»

Conferências e Colóquios
Seg . 3 Jun . 15h30 a Qui . 6 Jun . 19h30
Caleidoscópio e Auditório Sedas Nunes | ICS-ULisboa
ICS-ULisboa Annual Conference: «What Urban Futures? From Crisis to Hope»
Vários

Conferência Anual do ICS-ULisboa

Já se encontra aberto o período de inscrições para participar na Conferência Anual do ICS-ULisboa que, na edição de 2019, debaterá entre 03 e 06 de junho o tema «What urban futures? From crisis to hope», com a participação do Ministro da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, Manuel Heitor, entre outros ilustres oradores.
 
Há algumas décadas atrás, a ascensão da globalização parecia sugerir que a entidade socioespacial a que chamamos de "cidade" seria progressivamente substituída por redes desterritoralizadas. No entanto, hoje é-nos dito que estamos a viver numa "era urbana". O debate em torno do significado exato desse retorno ao "urbano" é uma linha importante no campo dos estudos urbanos. Embora as instituições internacionais, lideradas pelo programa UN-Habitat, defendam uma conceção do urbano como um lugar que atrai uma parcela crescente de pessoas das zonas rurais, as ciências sociais críticas concentraram-se no urbano como uma categoria processual e relacional: isto é, na urbanização e na sua atual escala planetária. Não obstante as diferentes perspetivas, a maioria concorda que os processos de urbanização merecem maior atenção em termos dos seus riscos e potencialidades.
O implacável processo de urbanização está a moldar e a reformular o nosso planeta e a contribuir para múltiplas crises (ambientais, económicas, sociais e políticas, para citar algumas) que estão profundamente interligadas com processos globais de acumulação financeira, transformação espacial e reprodução social. Nas discussões gerais, o urbano é concebido como o lugar onde a inovação, a acumulação e o consumo acontecem cada vez mais; onde a injustiça, a violência, a alienação e o distanciamento são mais visíveis, mas também onde a organização política e a solidariedade florescem. Consistente com esta perspetiva, múltiplas vozes pediram uma devolução de poder às cidades - incluindo inteletuais bem conhecidos como Richard Florida e Bruce Katz, bem como ainda a rede municipalista Fearless Cities, liderada pela edil de Barcelona, Ada Colau.
São necessárias novas sementes de esperança, se quisermos atravessar estes tempos voláteis e contribuir com elementos de uma nova visão para um futuro planetário urbano. Em consonância com as perspetivas críticas das Ciências Sociais, a edição de 2019 da Conferência Anual do ICS-ULisboa propõe uma reflexão sobre o futuro urbano e o seu futuro radicalmente aberto, concentrando-se nas dimensões processual e relacional de quatro tópicos: Política, Direitos, Natureza e Tecnologia. A Conferência reunirá pensadoresde renome e jovens académicos para discutir os desafios atuais e a esperança do nosso presente e futuros urbanizados. Ao longo de quatro tardes, a discussão ocorrerá em três tipos de sessões (consultar programa).

Organização: Urban Transitions Hub - parte do GI Ambiente, Território e Sociedade, em cooperação com o H2020 project ROCK.

Comité Científico: Olívia Bina (coord.), Alda Azevedo, Marco Allegra, Luís Balula, Roberto Falanga, Mariana Liz, João Mourato, Pedro Figueiredo Neto, Mafalda Nunes, Lavínia Pereira, e Simone Tulumello.

Programa

Entrada Livre (registo obrigatório)

***

ICS-ULisboa Annual Conference - 2019 Edition
 

The registration period to participate in the ICS-ULisboa Annual Conference is now open. In the 2019 edition, it will be discussed the theme "What future urban? From crisis to hope ", with the participation of the Minister of Science, Technology and Higher Education, Manuel Heitor, amongst other relevant speakers.

A few decades ago, the rise of globalisation seemed to suggest that the socio-spatial entity that we call the ‘city’ was to be progressively replaced by de-territorialised networks. Yet, today we are told that we are living in an ‘urban age’. The debate around the exact meaning of this return to the ‘urban’ is an important thread in the field of urban studies. While international institutions led by UN-Habitat favour a conception of the urban as a place attracting an increasing share of people from rural areas, critical social sciences have instead focused on the urban as a processual and relational category: that is, on urbanisation, and on its current planetary scale. Notwithstanding the different perspectives, most agree that the processes of urbanisation deserve increased attention in terms of their risks and potentialities.

The relentless process of urbanisation is shaping and reshaping our planet, and contributing to multiple crises (environmental, economic, social and political, to name a few) that are themselves deeply interlocked with global processes of financial accumulation, spatial transformation and social reproduction. In mainstream discussions, the urban is conceived as the place where innovation, accumulation and consumption increasingly happen; where injustice, violence, alienation and detachment are more visible, but also where political organisation and solidarity flourish. Consistent with this perspective, multiple voices have called for a devolution of power to cities – including well known intellectuals such as Richard Florida and Bruce Katz, as well as, for instance, the municipalist network Fearless Cities led by the left-wing mayor of Barcelona Ada Colau.

New seeds of hope are necessary if we are to muddle through these volatile times, and contribute elements of a new vision for an urban planetary future. In line with critical social sciences perspectives, the 2019 edition of ICS-ULisboa Annual Conference calls for a reflection on the urban and its radically open futures, by focusing on the processual and relational dimensions of four topics: politics, rights, nature and technology. The Conference will bring together renowned thinkers and young scholars to discuss the current challenges and hope for our urbanised present and futures. Along four afternoons, discussion will take place in three types of sessions.

Keynote & Invited speakers

  • Evgeny Morozov
  • Vanesa Castán Broto
  • Alberto Vanolo
  • Jared Hawkey
  • Andrea Pavoni 
  • Melissa garcía Lamarca
  • Jorge Malheiros
  • Pedro Magalhães
  • João Seixas
  • Graça Castanheira

Organised by the Urban Transitions Hub - part of the research group Environment, Territory and Society, in cooperation with H2020 project ROCK.

Scientific Committee: Olivia Bina (coordinator), Alda Azevedo, Marco Allegra, Luís Balula, Roberto Falanga, Mariana Liz, João Mourato, Pedro Figueiredo Neto, Mafalda Nunes, Lavinia Pereira, and Simone Tulumello.

More information here.
Free entrance with mandatory registration here (to be open from 10th of May 2019).