Digital Tools for Research in Social Sciences

Digital Tools for Research in Social Sciences

Local: 
To be defined
Date: 
Inverno / Winter 2020
Horário: 
09:30 - 12:30
14:30 - 17:30
Idioma: 
Portuguese, with possibility of using English
Credits: 
5 ECTS

OBJECTIVOS

O objetivo desta Escola de Verão é explorar as potencialidades do uso de ferramentas digitais na investigação em Ciências Sociais, incentivando os participantes a atualizarem os seus conhecimentos sobre estas temáticas e a refletirem sobre possíveis aplicações para os seus projetos de investigação. Atendendo à importância dos meios digitais no trabalho académico e à rapidez da transformação tecnológica neste domínio, esta Escola procura dar resposta a necessidades de formação metodológica não cobertas pelos atuais cursos graduados e pós-graduados. Durante uma semana os participantes irão ter a oportunidade de entrar em contacto com as funcionalidades de alguns programas especializados para a recolha e análise de dados numa investigação científica, mas também de explorar as potencialidades das ferramentas digitais na organização, estruturação e divulgação de trabalhos de investigação. A Escola é composta por cinco módulos que abrangem as várias etapas do trabalho de investigação, nomeadamente a organização, recolha e sistematização de informação, escrita e referenciação académica, análise de redes sociais, recolha de dados quantitativos e qualitativos online, cartografia e disseminação do trabalho científico para públicos alargados.

Os módulos são complementares, mas podem ser frequentados de forma autónoma, ainda que o número de vagas avulsas seja limitado. A formação ministrada tem uma dimensão essencialmente prática, com a realização de exercícios pelos alunos em todos os módulos.

Esta Escola é organizada em colaboração com o IGOT Instituto de Geografia e Ordenamento do Território da Universidade de Lisboa.

Destinatários

Estudantes de doutoramento, investigadores em início de carreira, divulgadores de ciência e outros profissionais técnico-científicos. 
 

Observações

É necessário computador e instalação antecipada dos programas recomendados para cada módulo.

Ana Delicado (ICS-ULisboa)

Jussara Rowland (ICS-ULisboa)

Luís Junqueira (ICS-ULisboa)

Simone Tulumello (ICS-ULisboa)

Mónica Truninger (ICS-ULisboa)
 

Módulo 1 - Ferramentas digitais no processo de investigação (Jussara Rowland)

O processo de digitalização da informação na sociedade contemporâneas veio trazer inúmeras vantagens, mas também novos desafios em relação à forma como o investigador organiza o número crescente de materiais digitais recolhidos e produzidos ao longo do processo de investigação. Neste módulo pretende-se explorar e aprofundar as potencialidades de utilização de ferramentas especializadas e não especializadas na gestão destes materiais no trabalho académico. A primeira parte será dedicada ao uso de ferramentas na recolha, organização e partilha de informação diversificada (links, documentos, páginas web, etc.). Será realizado um exercício com base na ferramenta de gestão de projetos Trello. A segunda parte do módulo, que terá uma forte componente prática, será dedicado à utilização de ferramentas de gestão de bibliografia e referenciação. Iremos abordar em particular o funcionamento da ferramenta Mendeley em termos de identificação, recolha, organização, referenciação e partilha de informação e material bibliográfico e explorar as potencialidades destas ferramentas na construção de uma base de dados bibliográfica pessoal.

Módulo 2 - Ferramentas de recolha e análise de dados online (Ana Delicado, Mónica Truninger e Jussara Rowland)

Os métodos de inquirição online possibilitam a recolha de dados de forma muito mais célere e alargada, a baixo custo e transcendendo fronteiras de espaço e de tempo. Este módulo destina-se a proporcionar formação prática para a utilização de plataformas e softwares de recolha de dados online, nomeadamente inquéritos por questionário e “netnografia”/etnografia virtual em fóruns, blogues e redes sociais. Serão discutidas as potencialidades e limitações destas ferramentas, os procedimentos de construção de instrumentos de recolha sistemática, as técnicas de amostragem e os métodos de análise, bem como as questões éticas associadas. A exposição e exercícios serão centrados em ferramentas gratuitas disponíveis na internet.

Módulo 3 – Ferramentas digitais para análise de redes sociais (Luís Junqueira)

A análise de redes é um processo de investigação de estruturas sociais com domínios de aplicações crescentes nas ciências sociais, da história à ciência política, da economia à sociologia.

Este módulo consiste numa introdução ao uso do software de visualização e análise de redes Gephi. Através deste módulo, os participantes ficarão familiarizados com alguns conceitos fundamentais – o que é uma rede? que elementos a constituem? –, com a visualização de redes e com algumas das métricas mais utilizadas na sua análise – densidade, grau, distancia, centralidade. O módulo tem uma forte componente prática, em que a apresentação dos conceitos será acompanhada de exercícios.

Módulo 4 – Cartografia Temática Digital para Ciências Sociais (Paulo Morgado, IGOT)

Vivemos numa Era em que a localização geográfica (onde?) tornou-se um imperativo social, económico e científico. As Smart Cities, a BIG Data, a IoT e toda a parafernália tecnológica dos smartphones e dos tablets e respetivas App, tornaram a Geografia, ou uma parte dela como seja a Cartografia temática, ciência ubíqua entre as outras ciências, com destaque para as ciências sociais. Neste quadro conjuntural, as Tecnologias de Informação Geográfica (TIG) ou geotecnologias, com destaque para a Google (Google Maps, Google Earth e a Wikimapia), junto com os Sistemas de Informação Geográfica (SIG), a Deteção Remota e o Sistema de Posicionamento Global (GPS), são provavelmente os principais responsáveis pelas maiores mudanças sentidas, na forma como lemos, modelamos, analisamos e representamos o espaço e o relacionamos com o tempo. O módulo Cartografia Temática Digital para Ciências Sociais tem dois objetivos: sublinhar a relevância da Cartografia neste quadro do Digital que vivemos e dotar os participantes de competências nas várias fases do processo de produção cartográfica temática, que vai desde a aquisição de informação a partir de fontes diversas, armazenamento dessa informação e sua georreferenciação, cruzamento e análise de dados, geração de mapas e sua visualização em diferentes plataformas.

Módulo 5 Digitalização, difusão do conhecimento e reflexividade : estratégias e escrita online (Simone Tulumello)

Este módulo pretende fornecer aos alunos as competências básicas para construir e implementar uma estratégia, individual ou de equipa, para difusão de conhecimento através de plataformas e instrumentos online; e ao mesmo tempo refletir criticamente sobre o papel do "digital scientist". A primeira parte será dedicada a uma reflexão colaborativa e crítica, através da apresentação da potencialidade e problemáticas de ferramentas para blogging (Wordpress), redes sociais – seja especialistas (Academia.edu; ResearchGate), seja generalistas (Twitter; Facebook). A segunda parte será dedicada à escrita para públicos não académicos, nomeadamente a produção de breves textos de apresentação de resultados de investigação ou recomendações para políticas. Nos exercícios práticos, os alunos serão estimulados a projetar uma estratégia individual de comunicação online e a escrever, em tempos reduzidos, um curto post para blogue.

Requirements

Licenciatura em qualquer área científica

Applications

Propinas:
50 euros por módulo (limite de 5 inscrições avulsas por módulo);

150 euros por toda a Escola (early bird);

200 euros a partir de 6 de janeiro. 

Pagamento no ato da inscrição: 30€ 

Alunos ICS e IGOT: 50% de desconto no valor total das propinas
O valor pago no acto da inscrição não é reembolsável

A escola só se realizará caso seja atingido o quórum necessário para o efeito.

Coordenador 
Coordenador Externo 
Jussara Rowland