História Económica de Portugal 1700-2000 - Volume I

História Económica de Portugal 1700-2000 - Volume I
O século XVIII
Categoria: 
ISBN: 
978-972-671-274-9
Idioma: 
Português
Data de publicação: 
2010/Jul
Nº Páginas: 
425
Coleção: 
Colecção Geral
Formato: 
Capa Mole
27,00 €24,30 €

O século XVIII não deve ser visto como uma antecâmara do moderno crescimento económico, o que no caso português tem, ainda para mais, pouco sentido. Porém, não se pode igualmente deixar de considerar estudos recentes que destacam a existência de grupos de países que no início do processo de industrialização já tinham disparidades importantes entre os seus níveis de rendimento. Sendo assim, a compreensão da evolução económica ao longo do século XVIII – nomeadamente do sector agrário, responsável pela criação de mais riqueza e que empregava mais mão-de-obra – é indispensável para entender o momento, as condições e os motivos para a criação de tais distâncias no nível de desenvolvimento dos países europeus. Desta forma se recuperam como agenda de investigação histórica as preocupações com o «progresso e a decadência» dos diferentes estados europeus, tema candente do discurso político e doutrinário da segunda metade do século XVIII. Pelo leque de temas que cobre, pelas conclusões e hipóteses interpretativas que lança, este primeiro volume da história Económica de Portugal torna possível considerar o período setecentista numa nova perspectiva . (Da introdução)

 

 

Prefácio p.19
Introdução
Álvaro Ferreira da Silva
p.21
Capítulo 1 - A evolução da população
Maria João Guardado Moreira e Teresa Rodrigues Veiga
p.35
Capítulo 2 - A ocupação da terra
Nuno Gonçalo Monteiro
p.67
Capítulo 3 - O trabalho
Isabel dos Guimarães Sá
p.93
Capítulo 4 - A tecnologia
Nuno Luís Madureira e Ana Cardoso de Matos
p.123
Capítulo 5 - A agricultura
José Vicente Serrão
p.145
Capítulo 6 - A indústria
Jorge Pedreira
p.177
Capítulo 7 - Moeda e crédito
Maria Manuela Rocha e Rita Martins de Sousa
p.209
Capítulo 8 - Finanças públicas
Álvaro Ferreira da Silva
p.237
Capítulo 9 - Relações económicas com o exterior
Leonor Freire Costa
p.263
Capítulo 10 - O império
Joaquim Romero Magalhães
p.299
Capítulo 11 - Elites económicas
Fernando Dores Costa e Fernanda Olival
p.323
Capítulo 12 - Política económica
José Luís Cardoso
p.345
Capítulo 13 - Instituições e quadro legal
José Subtil
p.369
Bibliografia p.389

 

Pedro Lains, investigador coordenador do Instituto de Ciências Sociais da Universidade de Lisboa, professor convidado da Faculdade de Economia e Gestão da Universidade Católica, e membro do Instituto Laureano Figuerola da Universidad Carlos III de Madrid. Foi professor visitante da Faculdade de Economia da UNL, das Universidades Carlos III de Madrid, Brown e Évora; e presidente da Associação Portuguesa de História Económica e Social, director da Imprensa de Ciências Sociais, secretário-geral da European Historical Economics Society, e director da Análise Social. Tem como área principal de investigação a História Económica dos séculos XIX e XX, preocupando-se sobretudo com o estudo do crescimento económico no longo prazo de Portugal e dos países periféricos da Europa; com o estudo da integração europeia; e com os problemas actuais da economia portugue

Álvaro Ferreira da Silva é doutorado pelo Instituto Europeu de Florença e é professor associado da Nova School of Business and Economics.  Entre os seus principais interesses contam-se  o estudo dos grupos empresariais no século XX, e os aspectos tecnológicos e organizativos no desenvolvimento das infrastruturas urbanas.