Do Bidonville ao Arrastão. Media, Minorias e Etnicização

Do Bidonville ao Arrastão. Media, Minorias e Etnicização
Categoria: 
ISBN: 
978-972-671-215-2
Data de publicação: 
2008/Jun
Nº Páginas: 
245
Formato: 
Capa Mole
20,91 €18,82 €

Portugal tornou-se, nas últimas décadas, um caso invulgar na Europa e um posto privilegiado para observar fenómenos associados às migrações: é simultaneamente país de origem e de destino de movimentos internacionais de mão-de-obra. Articulados no seu início, os fluxos de portugueses para França e de cabo-verdianos para Portugal formaram as maiores “comunidades” estrangeiras em Paris e Lisboa, partilharam semelhanças sociológicas e produziram numerosos descendentes, grande parte dos quais são agora adultos jovens. São estes filhos de migrantes o objecto duplo desta pesquisa. Quais têm sido as modalidades da sua integração social e simbólica nas nações em que vivem? Em que dinâmicas identitárias se envolvem? Que discursos sobre si existem na sociedade e nos media? E quais os discursos que eles próprios praticam? Que posições, finalmente, a sua mediatização permite ou encoraja? A pesquisa segue o olhar destes jovens e retém, nas suas relações sociais, diferenças que continuam a fazer diferença.

 

Introdução p.13
Capítulo 1 - Identidade, etnicidade e audiências: teoria e método p.23
Capítulo 2 - Transnacionalidades, comunidades e cenários mediáticos p.77
Capítulo 3 - A representação dos portugueses em França: desetnicização e estereótipos p.107
Capítulo 4 - Discursos de lusodescendentes: sentidos mediáticos, matizes identitários p.157
Capítulo 5 - Portugal e a representação das minorias: a fronteira interna p.207
Capítulo 6 - Descendentes de cabo-verdianos e a recepção mediática: discursos sobre a sociedade e a «raça» p.257
Conclusão p.307
Referências bibliográficas p.321
Índice remissivo p.339

 

Shopping cart

Your shopping cart is empty.